Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ALVITO RECOLHE CONTRIBUTOS PARA APOIOS ÀS ASSOCIAÇÕES

Zé LG Zé LG, 20.09.16

190920161724-902-ALVITO.JPG

A Câmara de Alvito tem em consulta pública o Projecto de Regulamento Municipal de Apoio ao Movimento Associativo – RAMA.

O regulamento define “os programas, tipos e critérios de apoio a prestar às Entidades/Associações de cariz desportivo, cultural e recreativo no Concelho de Alvito, assim como regula as condições da sua atribuição a entidades legalmente existentes”.

De acordo com a Câmara, “o associativismo no concelho de Alvito, pela  diversidade das actividades desenvolvidas, pela sua dimensão, pela prática de voluntariado, pelo número de pessoas envolvidas e pelos projectos que concretiza, constitui um vector fundamental do desenvolvimento desportivo e cultural do município”.

O Regulamento está em consulta pública nos próximos 30 dias.

CIMBAL APROVOU ESTRATÉGIA PARA 2017

Zé LG Zé LG, 20.09.16

logo.png

O Conselho Intermunicipal da CIMBAL – Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo reuniu-se e a questão das acessibilidades voltou a estar em cima da mesa e, tal como foi defendido na reunião da ANMP, reafirmou a necessidade de integração das mesmas no PACTO 2020, assim como o reforço de dotação para os pactos, para que “não fiquem projetos na gaveta”.

Nesta reunião ficou definida ainda, a estratégia que a CIMBAL vai utilizar na elaboração das Grandes Opções do Plano, Orçamento e Mapa de Pessoal para 2017.

«MUDANÇA DO PARQUE DE CAMPISMO “CRIA” ALAMEDA DO FLÁVIO DOS SANTOS AO PALÁCIO DA JUSTIÇA»

Zé LG Zé LG, 20.09.16

Em reunião da Câmara Municipal de Beja, os comunistas defendem a deslocação do atual parque de campismo, da zona do antigo estádio de futebol e do local onde serão edificados o Palácio da Justiça e as instalações da PSP, com a justificação de que “vai potenciar a mata e o outro espaço será aproveitado como zona verde”.

Durante a discussão da localização do novo parque de campismo, o presidente da edilidade, João Rocha, defendeu que com a deslocalização “a ideia é construir uma alameda na zona do parque de campismo, passando pelo antigo estádio de futebol a desembocar no Palácio da Justiça” que deverá estar construído até 2020.