Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

FALECEU MANUEL DOS SANTOS, EX-PRESIDENTE DA JUNTA DE SANTA BÁRBARA DOS PADRÕES

20160919095249.jpg

Faleceu o antigo presidente da Junta de Freguesia de Santa Bárbara de Padrões, Manuel dos Santos Marques, de 56 anos, vítima de doença prolongada.

Natural de Viseus, pequena localidade daquela freguesia onde também residia, Manuel dos Santos foi presidente da Junta de Freguesia de Santa Bárbara de Padrões em quatro mandatos, integrando actualmente o executivo da Junta.

 

Conheci o Manuel dos Santos quando fui seu professor nos anos de 1974 e 1975. Passados uns anos voltámos a encontrar-nos por força das funções autárquicas. Acompanhei-no na evolução da doença que acabou por vitimá-lo. Era um Homem bom e generoso, muito envolvido e empenhado nas questões locais – da sua aldeia, da sua freguesia, do seu concelho, da sua região. Tive a felicidade de com ele ter convivido e de termos sido amigos.

Não podendo, por motivos profissionais, ir ao seu funeral, que se realiza amanhã, às 11 horas, dos Viseus para o cemitério de Santa Bárbara dos Padrões, apresento aqui os meus sentidos pêsames a toda a família e à Junta de Freguesia de Santa Bárbara dos Padrões.

«NÃO HÁ PAZ PODRE EM BEJA?»

«Não há paz podre em Beja? Olhe que não, até cheira mal. Começa dentro da câmara onde os trabalhadores assistem ao desgoverno do seu chefe que nem lhes passa cartão, mas que só podem falar em surdina não vá o diabo tecê-las e sejam postos na prateleira.
E as instalações desportivas cada vez mais degradadas? E a cultura municipal que é cada vez mais festas, bailes e foguetes? E o Pax Julia com uma programação pobre e sem imaginação? E a Casa da Cultura cada vez mais abandonada? 
Mas a malta dos clubes e o pessoal das associações culturais vai comendo e calando, por causa das moscas.
E as ruas da cidade e as estradas municipais, buracos e mais buracos? E a limpeza que em certas zonas mete dó?
E que dizem as juntas de freguesia a isso? Nada, por disciplina partidária.
Fosse isto no tempo do Carreira Marques, do Francisco Santos ou do Pulido Valente e caía o carmo e a trindade, era porrada pra cima sem dó nem piedade.
E se a malta contesta o derrube do depósito, a mudança do parque de campismo ou outra decisão do homem que quer, pode e manda, vale tudo para denegrir quem faz tal coisa. Até ofender se for preciso.
E agora venha lá dizer que não há uma paz podre em Beja.»

Comentário de Anónimo a 16 de Setembro de 2016 às 17:10, AQUI

BAIXO ALENTEJO EM “SECA FRACA”

160920161747-479-Seca.jpg

O Boletim Climatológico do IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera indica que no final do mês passado a região do Baixo Alentejo estava em “seca fraca”, frisando que “no final do mês de Agosto verificou-se, em relação ao final de Julho, um aumento da área em situação de seca fraca na região sul”.

Segundo o IPMA, o mês de Agosto foi “extremamente quente e seco”, “com a temperatura máxima mais alta desde 1931, igualando Agosto de 2003”. Em Beja, a média da temperatura mínima foi de 17,2 Graus Celsius. A média da temperatura máxima atingiu os 35,7 Graus Celsius. O dia 8 de Agosto foi o mais quente do mês com os termómetros a atingirem os 40,6 Graus Celsius, em Beja.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Exactamente!"O tempo é o único capital das pessoas...

  • Anónimo

    Boa notícia, nos tempos conturbados actuais.

  • Anónimo

    O caro(a) CGP pode sempre juntar-se ao Beja Merece...

  • Anónimo

    Vamos lá ver......Gostava muito mais que fossem an...

  • Anónimo

    Torna-se importante reflectir se cada um de nós e...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds