Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ANO LECTIVO VOLTA A ABRIR COM FALTA DE PESSOAL AUXILIAR E DE TÉCNICOS DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

150920161650-741-Anoletivo.jpg

Nas escolas do concelho já começou o novo ano letivo e no arranque das atividades de 2016/17, a Câmara de Beja revela que tudo o que é da sua responsabilidade está assegurado, mas que há dificuldades de substituição de professores com baixa, falta de pessoal auxiliar e de técnicos de educação especial, denunciando o facto, de estarem 60 alunos com necessidades educativas especiais sem resposta e destas situações serem da responsabilidade do Ministério da Educação. Falhas que se repetem e que são da responsabilidade do Ministério, recorda a autarquia.

 

Manuel Nobre, presidente do Sindicato de Professores da Zona Sul, afirma que persistem problemas como: a falta de assistentes operacionais, turmas com elevado número de alunos, turmas do 1.º Ciclo com vários anos de escolaridade, actividades extra curriculares a interromperem a actividade lectiva e desrespeito pelas normas de organização do trabalho dos docentes.

Comentários recentes

  • Anónimo

    M. Frade, não compreendeu o que petendi dizer com ...

  • Munhoz Frade

    Quis dizer “gerar” e não “gerais”. Não reparei na ...

  • Anónimo

    Seria voltar a focar as questões ligadas ao modo d...

  • Munhoz Frade

    Um pouco de polémica, meu caro ZLG:Sabemos que cau...

  • Anónimo

    É pena que o próprio DA não se tenha interessado p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds