Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

VIVA O BENFICA! VIVA RUI VITÓRIA!

4137_505347900d096e58ac2dc534ecc044c4.png

Depois de me ter desinteressado durante umas três décadas, voltei a interessar-me pelo futebol. Pelo futebol jogado, pelo espectáculo, pelo Benfica, pela Selecção Nacional. 

Não gosto de muito do que envolve esta actividade, nem de muitas pessoas que se tornaram conhecidas graças a ela, que não a sabem dignificar. 

O Benfica ainda se pode sagrar tri-campeão nacional e ganhar mais uma Taça da Liga. Só depende de si. Depois de ter estado com oito pontos de atraso, está há algumas semanas com dois pontos de avanço do Sporting. Ou seja, recuperou 10 pontos. É obra! Se ganhar, é um digno vencedor. Tal como o Sporting, que depois de se ter deixado ultrapassar pelo Benfica, não descolou, mantendo a luta pelo título acesa até ao fim. 

Independentemente dos resultados finais - faltam apenas três "finais" -, o Benfica fez uma das melhores épocas de sempre e Rui Vitória mostrou ser um treinador à altura das necessidades do Benfica. E, recusando a chicana futebolística, tem sido dos que mais tem contribuído para atrair cada vez mais pessoas ao futebol, pela sobriedade e seriedade da sua postura. 

ALQUEVA NÃO FOI CONSTRUÍDA PARA REGULARIZAR O ABASTECIMENTO DE ÁGUA?

 

020520161740-945-barragem.jpgNa Bacia do Guadiana, duas albufeiras estavam acima dos 80% da sua capacidade máxima, 4 entre os 50 e os 80% e 3 abaixo dos 50% da capacidade limite. Alqueva encontrava-se a 78,3% do seu limite.

Na Bacia do Sado, uma albufeira tinha quantidade de água armazenada superior a 80%. Cinco estavam entre os 50% e os 80% e 4 abaixo dos 50% da capacidade máxima. O Roxo, que abastece Beja, encontrava-se a 28,2% da sua capacidade limite.

Na Bacia do Mira uma barragem estava acima dos 80% da capacidade máxima e outra entre os 50 e os 80%. 

 

Será que vão deixar baixar o nível da água da albufeira do Roxo, pondo, mais uma vez, em causa a qualidade da água de abastecimento público?! O que dizem e fazem as Câmaras de Beja e Aljustrel, a EMAS, a APdA, a EDIA, para evitar que tal aconteça?

Comentários recentes

  • Anónimo

    Concordo em absoluto que o caminho não é por aí.

  • Anónimo

    O eterno problema das mentes pequeninas e poucochi...

  • Anónimo

    Queria dizer pelotão,mas saiu asneira,que não vi.

  • Anónimo

    Tem tudo para ganhar.

  • Anónimo

    A Margalha não entra na lista para favor número co...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds