Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

SNAP - CAFÉ CONCERTO EM CASTRO VERDE E ENCERRAMENTO EM BEJA

cartaz final.jpg

A campanha presidencial SNAP – Sampaio da Nóvoa a Presidente - entra esta semana na recta final, no que toca à 1.ª volta. A Comissão Distrital de Beja, através do Núcleo Concelhio de Castro Verde, tem agendado já para hoje, dia 21, pelas 21h30m, no café “7.ª Arte” (junto ao cinema) em Castro Verde, um Café-Concerto.

Esta iniciativa, de carácter cultural, contará com a animação musical de Francisco Fanhais e APBraga. Conforme referenciado em notas anteriores, esta acção integra-se num conjunto mais vasto preparado para o distrito e que culminará com o encerramento da Campanha Eleitoral distrital, na 6.ª feira, em Beja.

BEJA 22JAN.jpg

 

A mencionada acção de encerramento terá início na sede de campanha, com uma “Estátua Viva” a chamar a atenção dos transeuntes para algumas das ideias-chave preconizadas por Sampaio da Nóvoa e decorrerá entre as 16h30m às 18h30. Segue-se uma “Caminhada de Esperança” até à “Galeria do Desassossego”, onde se realizará um concerto convívio, e onde também terão lugar as intervenções políticas finais por parte dos mandatários distritais da candidatura. Estas actividades visam, antes de mais, o convívio entre apoiantes, assim como a partilha de ideias, em torno do tempo novo que emergiu em Portugal e que Sampaio da Nóvoa tão bem personifica nesta sua candidatura.

Pelo simbolismo, pelo convívio, pela música e pelo petisco, todos estão convidados e serão muito bem-vindos!

Beja mexe por Sampaio da Nóvoa.

JOÃO PAULO RAMÔA ELEITO PROVEDOR DA MISERICÓRDIA DE BEJA

190120162124-952-JooPauloRamoa.jpgÀs eleições na Santa Casa da Misericórdia de Beja apresentaram-se duas listas a votos e o resultado ditou a vitória para a Lista A, liderada por João Paulo Ramôa.
Num universo de 210 eleitores, a lista vencedora, a A, liderada por João Paulo Ramôa obteve 111 votos e a B, que propunha João Pedro Caeiro para provedor ficou com 85 votos.

“NO TEMPO QUE VIVEMOS É CRUCIAL UM PRESIDENTE DA REPÚBLICA INDEPENDENTE”

"Sampaio da Nóvoa, o meu Presidente. O nosso Presidente!

Francisco Martins.jpgApoio a candidatura de Sampaio da Nóvoa ainda antes de a ser. Desde que ouvi o Professor falar no Congresso do PS em Dezembro de 2014 que criei a expectativa que este seria "o meu candidato".
No tempo que vivemos é crucial um Presidente da República independente que acredita e apoia este novo ciclo político e que reconhece a sua importância para o combate aos problemas sociais e desigualdades que assistimos nos últimos anos. Uma pessoa que tem um percurso pessoal e profissional sem contradições e um mérito mais que reconhecido.
Eu voto Sampaio da Nóvoa!

 

Francisco Martins
Técnico Superior no Município de Odemira
Estudou Mestrado em Gestão na Universidade de Évora

SAMPAIO DA NÓVOA DÁ EXPRESSÃO A UMA MAIOR E MELHOR DEMOCRACIA

12509427_450442261818203_9099672499174329284_n.jpgApoio o Professor Sampaio da Nóvoa porque ele vai ao encontro do que eu penso dever ser um Presidente da República em Portugal, portador de uma mensagem de esperança na capacidade dos portugueses resolverem os seus próprios problemas de desenvolvimento económico, social e cultural; capaz de mobilizar os cidadãos para a intervenção cívica, dando expressão a uma maior e melhor democracia; defensor de uma ética republicana determinante na recuperação da auto-estima dos portugueses, e na sua determinação em virar a página da austeridade.

 

Carlos Abués Moreira
Licenciado em Economis pelo ISEG; Doutorado em Geografia e Desenvolvimento Sustentável pela Universidad de Extremadura;
Director Executivo da Fundação Joaquim António Franco e seus Pais.

Comentários recentes

  • Anónimo

    M. Frade, não compreendeu o que petendi dizer com ...

  • Munhoz Frade

    Quis dizer “gerar” e não “gerais”. Não reparei na ...

  • Anónimo

    Seria voltar a focar as questões ligadas ao modo d...

  • Munhoz Frade

    Um pouco de polémica, meu caro ZLG:Sabemos que cau...

  • Anónimo

    É pena que o próprio DA não se tenha interessado p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds