Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ALVITRANDO HÁ UMA DÚZIA DE ANOS

Fez, no dia 14, 12 anos que criei o Alvitrando. Não fazia a mínima ideia do que iria ser esta experiência. Já há alguns anos que deixou de ser só meu. Nos últimos anos tem vindo a ser cada vez mais dos que o visitam e usam para expressar e debater ideias e assuntos.

Há cerca de três meses que ultrapassou os 2,5 milhões de visitas. No último ano, teve 126.673 visitas (336/dia) e 287.634 visualizações (761/dia). Integrou, nos últimos seis meses, por 20 vezes, o Top Ten de comentários do Sapo Blogs.

Refiro estes dados apenas porque acho que eles confirmam o que já aqui tenho escrito algumas vezes: O Alvitrando é um espaço de liberdade, onde cada um pode escrever o que entende e como entende.

Algumas vezes tenho sido acusado de ser demasiado permissivo relativamente a alguns comentários. Acho que, apesar de haver razão nalguns casos para essa crítica, esta minha postura tem levado a uma "selecção natural" dos que comentam no Alvitrando, havendo cada vez menos razão para essa crítica. O uso da liberdade tem sido exercido cada vez mais com responsabilidade. 

E assim, vamos alvitrando. 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Cuidado não morda a língua....ó Zobaida.

  • Anónimo

    Ó Zobaida, se reparou nisso também deve ter visto ...

  • Zobaida

    O Dr. não está parecido...

  • Zobaida

    Deu mais valor a essas coisas do que ao Hospital o...

  • Anónimo

    É pena não se dar o devido valor a quem ( uma das ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds