Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“SERÁ MESMO IMPERIOSO DEMOLIR O DEPÓSITO”?

“NÃO DERRUBEM O QUE ESTÁ FEITO”!
Não tenho a mínima competência técnica que me habilite a contribuir para alternativas. Tal facto não me isenta de opinar. Conservem-no, reparem-no. Não derrubem o que está feito.
Jose Ambrosio Silva, 13/10 às 15:41

 

“SERÁ MESMO IMPERIOSO DEMOLIR O DEPÓSITO”?
Tal como o Jose Ambrosio Silva não tenho competências técnicas para seja o que for quanto ao depósito de água, mas sobram-me, tal como a muitos milhares, competências em afectos a uma cidade que tenho vindo a ver passar a destroços com o culminar num Programa Polis aproveitado para verdadeiros atentados: que dizer do aborto Avª Miguel Fernandes, da aberração Pª da República, do crime Jardim do Bacalhau? Sim! As expressões não são atrevimento, são a pura verdade!
A coberto da desculpa das ruínas romanas (que devem ser preservadas ao máximo e expostas aos bejenses e não só) pretender-se-á mais uma “obra do regime”? Ficar na história da cidade por mais um crime?
Interrogo-me: será mesmo imperioso demolir o depósito ou as obras de exposição do templo ficarão durante umas décadas como o museu in loco da Rua do Sembrano ficou?
António Aleixo, 13/10 às 20:53

A SOBREVIVÊNCIA DO HDB DEPENDE MESMO DA SUBSTITUIÇÃO DO CA?

A mudança de CA é vital. É mesmo uma condição de sobrevivência do Hospital.
Comentário de Anónimo a 2 de Novembro de 2015 às 12:25, AQUI.

 

Muito se tem dito e escrito (basta ver no Alvitrando) sobre o estado dos serviços de Saúde em Beja, designadamente no Hospital. Mas nunca, que me lembre, alguém foi tão sucinto e claro no que considera ser "vital" para a "sobrevivência do Hospital".

Será que é mesmo assim, havendo tantas questões - política de Saúde, financiamento, modelo de gestão, falta (ou desadequação) de profissionais, etc. -, que têm influência no resultado final dos serviços prestados?

Parece-me ser este um bom mote para o aprofundar do debate sobre o estado e o futuro dda Saúde em Beja. Quem quer intervir que o faça, apresentando argumentos e não caindo na tentação fácil da brincadeira, da chicana, de por em causa pessoas,...

CÂMARA DE BEJA ADJUDICOU OBRAS NO PARQUE VISTA ALEGRE

271020151751-710-PARQUEVISTAALEGRE1.jpg

As obras no Parque Vista Alegre, em Beja, já foram adjudicadas à empresa Betonit – Engenharia e Construções pelo valor de 245 990,45€+IVA e vão decorrer no espaço de 6 meses.
A intervenção no Parque Vista Alegre integra-se numa política municipal de qualificação de espaços públicos no centro Histórico, criando novas áreas de estadia e para a realização de atividades de animação urbana, refere também, a Câmara de Beja.

ORÇAMENTO PARA 2016 “CHUMBADO”NA CÂMARA DE ALMODÔVAR

021120151730-109-CmaradeAlmodvar.JPGO Orçamento e as Grandes Opções do Plano (GOP) para 2016 da Câmara Municipal de Almodôvar foram “chumbados” no final da semana passada.
Esta é a primeira consequência da decisão do PSD de Almodôvar que rompeu com o acordo celebrado em 2013 com o PS.
Os vereadores independentes e o vereador do PSD votaram contra os documentos. O PS, sem maioria, não conseguiu a aprovação do Orçamento para 2016.
A Câmara volta a reunir a 10 de Novembro para apreciar novos documentos.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds