Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"AGORA, O TEMPO JÁ NÃO É DOS ELEITORES" ENTRE OS POSTS MAIS COMENTADOS DO SAPO bLOGS

Os posts mais comentados das últimas 24h, no SAPO Blogs:

  1. O homem em quem 67,63% dos eleitores não votaram no dia 4 (93)
    Delito de Opinião
  2. A cassete de Bruno de Carvalho (56)
    Camarote Leonino
  3. Os Choques da Chic'Ana IX - Os médicos! (33)
    Chic'Ana
  4. sou uma pessoa pobre (26)
    E Agora? Sei lá!
  5. A BB, as luvas e a vaselina (24)
    Bata e Batom
  6. A menina (eu) quer!!!! A menina (eu) quer muito!!!! #8 ESPECIAL ANIVERSÁRIO (22)
    Dúvidas Cor de Rosa
  7. AGORA, O TEMPO JÁ NÃO É DOS ELEITORES (21)
    Alvitrando
  8. Mãe e filha, só que NÃO! (20)
    o Homem Certo
  9. Preferência entre filhos existe ou não? (18)
    Quatro Reizinhos
  10. Help!!! Como usar...? #2 (18)
    Chique e Geek

“AINDA O RESERVATÓRIO DE ÁGUA DA PRAÇA DA REPÚBLICA EM BEJA”

12038259_10204853365286072_805265168754524910_n.jpHá muito que as novas concepções contemporâneas de património cultural valorizam os objectos ”desclassificados” do quotidiano. Já não são apenas os monumentos arquitectónicos ou arqueológicos a terem interesse e a serem protegidos. Tudo o que o Homem toca com o olhar e a que a sua vista se habitua faz parte do seu património, assim como tudo o que produz. A questão da água, ligada à arqueologia industrial e às técnicas do seu armazenamento e distribuição sempre foram caras ao Homem, sendo permanente o seu estudo e a procura de inovação, rentabilidade e economia.
Pelo nosso país saltam à vista dezenas de reservatórios de água, uns mais belos do que outros, uns mais altos do que outros, marcando a paisagem como uma referencia das nossas necessidades e das soluções que encontrámos. É um conjunto lindíssimo a que Beja não quer pertencer. Se Beja demolir o seu reservatório de água, perde a cidade e perde o país, perdemos todos nós. Beja ficará mais pobre.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds