Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

DO FOMENTO

DSC_0016.jpg

A fotografia mostra o estado em que se encontram as instalações de uma empresa, que julgo que fechou. Nesta mesma rua da 2ª fase do Parque Industrial de Beja quase todas as instalações estão encerradas e têm letreiros de "vende-se” ou “aluga-se”. Mas não é só nesta. Em muitas outras o panorama é o mesmo. O que tem de curioso esta rua é chamar-se do "Fomento”… É bem ilustrativa do "fomento” industrial e empresarial que se tem registado em Beja.

DECO APELA AOS CONSUMIDORES PARA DENUNCIAREM MÁ QUALIDADE DA ÁGUA

140820151027-660-gua.JPGA DECO – Associação de Defesa do Consumidor já se manifestou quanto aos problemas registados em Aljustrel e Beja em relação à água proveniente da Barragem do Roxo.
A DECO refere, em comunicado, que a falta de qualidade da água é “recorrente” e tem originado diversos prejuízos económicos e sociais às populações que são obrigadas a procurar alternativas à água da torneira. As diligências adoptadas para resolução do problema pelas entidades competentes são, no entender da DECO, insuficientes uma vez que a água continua a não apresentar as características básicas de uma água potável: insípida, inodora e incolor.
A Associação apela aos consumidores para que reportem a situação para que possam ser tomadas medidas em defesa dos seus interesses e na salvaguarda de uma garantia de qualidade.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds