Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ESPARGOS VERDES BIOLÓGICOS DE ALVITO PARA O PAÍS

Ultima-1732.jpgSão poucos, muito poucos, os produtores de espargos verdes em modo de produção biológico no País, mas em Alvito encontra-se um. Luís Trindade dedica-se à cultura há alguns anos. O tempo suficiente para ter dado um rumo à sua vida. Ainda assim é gestor, é professor, é produtor e comerciante. E tem novos desafios, entre eles, construir uma quinta pedagógica, em Alvito.
Luís Trindade, 39 anos, natural de Alvito. Licenciou-se em Organização e Gestão de Empresas. É professor na Escola Profissional de Alvito. Tem uma mercearia biológica, a Alémbio, em Évora, e pretende expandir o negócio. Dedica-se à produção de espargos verdes em modo biológico, numa propriedade em Alvito, de onde é natural e onde continua a residir.
Leia entrevista no Diário do Alentejo.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Os deputados vão de férias descansados. Quem fica ...

  • Anónimo

    É evidente que é bom negócio. A questão é quando p...

  • Anónimo

    Para os seres humanos a saúde faz parte do seu bem...

  • Anónimo

    Há, desde que haja dinheiro nos bolsos.

  • Anónimo

    Sunsets, galas, misses, a pseudo burguesia bejense...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds