Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PRESIDENTE DA EDIA EXPLICOU AS PRIORIDADES DA EMPRESA

manchete_banner_190520150001-532-Alquevabanner.jpgJosé Pedro Salema explicou quais são as prioridades da empresa, a curto, médio e longo prazo, deixando claro que a primeira é a construção e com ela cumprir o prazo para o final das obras do regadio.
José Pedro Salema esclareceu depois que a segunda prioridade é promover, garantido que o investimento efetuado em Alqueva é aproveitado e foi neste contexto que revelou que está marcada para a semana uma visita de investidores estrangeiros.
Quanto à possibilidade, avançada esta semana pelo Jornal “Negócios”, da EDIA ser privatizada, José Pedro Salema afirmou tratar-se de um não assunto, porque não está em cima da mesa, não foi discutida com a tutela e a vir a acontecer seria daqui a mais de uma década.
Ler e ouvir tudo aqui.

ODEMIRA PONDERA CRIAÇÃO DE ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES DE MEDRONHO

180520152114-350-medronho.jpgO município de Odemira promove hoje uma sessão pública sobre a valorização do medronho, dirigida aos produtores do fruto, aos proprietários de destilarias e às entidades locais.
Um dos assuntos em cima da mesa prende-se com a possibilidade de criação de uma associação ou organização de produtores de medronho daquele concelho. A legalização de destilarias e a retirada das freguesias do Alentejo no registo do Medronho do Algarve são outras das matérias que serão alvo de análise esta tarde, pelas 16 horas, na Cerca da Fábrica, em Sabóia.

PCP EVOCA CATARINA EUFÉMIA

180520152218-57-CatarinaEufmialivro.jpgNo dia em que passam 61 anos sobre a data em que Catarina Eufémia foi assassinada em terras de Baleizão pelas forças do regime fascista, é hoje, às 18:30, na Casa do Povo de Baleizão, apresentado o livro "Catarina Eufémia" de autoria de José Casanova.


Trata-se da publicação de todos os poemas que, tendo Catarina por tema, foi possível encontrar - uns de grande qualidade poética, outros nem tanto, mas todos constituindo o Cancioneiro de Catarina.

BLOCO DE ESQUERDA HOMENAGEIA CATARINA EUFÉMIA

180520152114-812-catarinaeufmia.jpgA iniciativa começa às 19.00 horas, com uma romagem ao cemitério de Baleizão que vai contar com as presenças do capitão de Abril, Mário Tomé e Cipriano Pisco, da Direcção da UDP-AP, para homenagear Catarina Eufémia e o seu sobrinho Manuel da Saudade, dinamizador da UCP “Terra de Catarina”.
Para as 20.00 horas está agendado um jantar convívio, e às 21.30 horas, no Largo do Touril, passa um documentário sobre a luta das mulheres no séc.XX, com destaque para Catarina Eufémia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Deve haver algum ruído de fundo e bem forte, ou en...

  • Anónimo

    Não sei?Mostre lá um único estudo ambiental sobre ...

  • Anónimo

    Tão mauzinho!

  • Anónimo

    O Grupo que controla a UCASUL quer criar uma nova ...

  • Ana Matos Pires

    Explique-me lá o que não percebe, pf.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds