Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

32ª OVIBEJA REÚNE MAIS DE 2.000 CANTADORES DE 100 GRUPOS NO “I ENCONTRO DO CANTE”

Zé LG Zé LG, 20.04.15

11023809_884420948291719_3098783866420601543_n.jpgO ensaio das várias vozes, homens e mulheres, “pontos” e altos”, de alguns dos grupos corais que vão marcar presença no maior Encontro do Cante de sempre, na Ovibeja com mais de duas mil cantadores de uma centena de grupos, no sábado, 2 de Maio, ocorreu no final da tarde de sexta-feira, sob a direcção do músico Paulo Ribeiro.
Os grupos cantarão cinco modas em uníssono: Castelo de Beja, Alentejo…Alentejo, Dá-me uma gotinha de água, Ao passar a ribeirinha e Alentejo és nossa terra. A actuação irá ocorrer no Pavilhão Multiusos, entre as 16 e as 17.00 horas, com os pontos e os altos, a cantar numa posição cimeira, no palco e os restantes elementos dos grupos, mais de 2.100, no espaço do referido recinto.
É um Hino ao Alentejo o que vai acontecer na Ovibeja, a grande homenagem ao Cante, a homenagem à identidade das gentes do Alentejo, aos produtos da terra, ao trabalho, numa conjugação de vontades, uma partilha ímpar de emoções, de afectos e de sementes lançadas à terra.

PS DIZ QUE “AUSÊNCIA DE INTERVENÇÕES ESTRUTURANTES” MARCA MANDATO DA CDU

Zé LG Zé LG, 20.04.15

190420151320-304-RuiMarreiros.JPGOs vereadores do PS na Câmara de Beja consideram que a “ausência de intervenções estruturantes e a baixa capacidade de execução” da Câmara e da EMAS “continuam a marcar o mandato da CDU”.
O relatório e contas de 2014 “fica marcado de forma negativa por dois grandes números: a execução das grandes opções do plano com um valor de 65% e o plano plurianual de investimentos na ordem dos 58%”. O prazo médio de pagamentos sofreu um aumento de cerca de 44 dias relativamente ao ano passado.

Nas empresas municipais, acrescentam, “os problemas começam com a InovoBeja, cujo processo de extinção continua a arrastar-se apesar de ter sido esvaziadas de funções há mais de um ano”. Na EMAS, a taxa de execução do plano de investimentos é de apenas 24% em comparação com os 76% de 2012 e os 62% de 2013.