Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

LANÇAMENTO DO PORTUGAL 2020 EM ELVAS

020320151216-985-Elvas3.jpgIniciativa onde participou o ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Nuno Poiares Maduro e outros membros do governo, responsáveis pelos programas operacionais temáticos: “competitividade e internacionalização”, “inclusão social e emprego”, “capital humano” e “sustentabilidade e eficiência no uso dos recursos”.
Poiares Maduro relevou a importância de se concretizar o Portugal 2020, assim como a importância que o mesmo assume na capacidade de responder a velhos desafios que a sociedade portuguesa enfrenta, de contrariar o défice demográfico e de promover a criação de emprego. Frisou, igualmente, que o governo acelerou o início de funcionamento deste programa, explicando como e porquê.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=5248

11º FESTIVAL DE MÚSICA SACRA DO BAIXO ALENTEJO PROMOVE AGUARDENTE DE MEDRONHO

020320152233-414-JAVR.jpgO espanhol crítico de música Juan Ángel Vela del Campo é o novo director artístico do “Terras sem Sombra”. O historiador José António Falcão, que criou o Festival em 2003, volta a assumir as funções de director-geral.
O “Terras sem Sombra” aposta este ano “numa ligação profunda à vida artística da Europa do Sul, com realce para Portugal, Espanha, Itália, França e Malta”. A música, o património e a biodiversidade continuam a ser os três pilares do Festival.
A promoção e a internacionalização dos produtos regionais constituem outras marcas de identidade do “Terras sem Sombra”. Depois do café, do azeite, do leite de burra, do pão e do vinho, a atenção do Festival vira-se este ano para a aguardente de medronho, um produto de excelência de Almodôvar e dos concelhos limítrofes.
José António Falcão fala numa “nova fase do Terras sem Sombra, cada vez mais vocacionado como Festival para dar a conhecer aquilo que o Alentejo tem de mais profundo e mais belo”. 

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6468

JOÃO ROCHA CONSIDERA NECESSÁRIO ENDURECER A LUTA EM DEFESA DAS ACESSIBILIDADES

020320152239-240-JooRocha1.JPGAs obras na A26 e no IP2 não foram retomadas em Fevereiro, conforme admitido pela Sociedade Portuguesa para a Construção e Exploração Rodoviária (SPER), subconcessionária do Baixo Alentejo.
Após conseguir financiamento, a subconcessionária garantiu ao “Jornal de Negócios” a retoma da obras paradas desde 2011, no mês passado.
João Rocha, presidente da CIMBAL e da Câmara de Beja, não se mostra surpreendido pelo facto dos trabalhos não terem recomeçado. Em seu entender é “mais do mesmo”, “mentiras atrás de mentiras”.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6472

 

Entretanto a Petição Publica em defesa das acessibilidades tem cerca de 400 subscritores, in: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6473

TOMADA DE POSSE DOS NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DO NERBE MUITO CONCORRIDA

010320152304-631-DSC_0255.JPGA mensagem que os empresários do distrito de Beja estão prontos para o novo quadro comunitário, e que a CCDRAlentejo conta com estes para o bom desenvolvimento do mesmo, foram as frases chaves de Filipe Pombeiro e António Dieb na muito concorrida tomada de posse dos novos órgãos sociais do NERBE, em que deputados, autarcas, representantes de partidos políticos, dirigentes associativos e empresários marcaram presença.
Ver e ouvir aqui e aqui.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds