Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

MORREU JOAQUIM CAMACHO

ng3939750.jpgJoaquim Camacho, 56 anos, presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Alentejo, morreu, terça-feira, dentro do carro junto à porta do Centro de Saúde.

Ver mais  aqui.

 

Joaquim Camacho foi vereador da CDU na Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo.


Mais um bom amigo e homem bom que morreu novo.
À família enlutada apresento os meus sentidos pêsames.

ERVAS DA BARONIA ENRIQECEM EMENTAS DOS RESTAURANTES DE ALVITO

ervas2015_restaurantes.jpgPratos à base de catacuzes, espargos e carrasquinhas abrem o apetite e enriquecem as ementas de 7 restaurantes do concelho de Alvito, entre 14 e 17 de Fevereiro
Pretende-se promover a gastronomia alentejana à base de ervas típicas da região e dinamizar o setor da restauração e a economia do concelho.
Esperamo-lo/a no concelho de Alvito para degustar, entre outros, creme de espargos com pão torrado, açorda de catacuzes com queijo de cabra, cozido de grão com carrasquinhas, feijoada de carne de porco com carrasquinhas, abanicos de porco preto com migas de espargos, açorda de catacuzes com pataniscas de bacalhau, bolo de catacuzes.
A iniciativa inclui também o segundo workshop "Ervas de Comer", no sábado, dia 14, no mercado municipal, onde especialistas da Escola Profissional de Alvito confecionam pratos à base de catacuzes, espargos e carrasquinhas. Inscreva-se até dia 12 Fev. e participe!
Veja os restaurantes aderentes AQUI.

“ODEMIRA DEBATE O LITORAL”

Thumbnail.axd.png… é o tema do colóquio que irá decorrer em Odemira, no dia 14 de fevereiro, pelas 9.30 horas, no auditório da Biblioteca Municipal José Saramago, com o objetivo de reunir investigadores, entidades públicas e privadas e o público em geral, em torno de questões como a erosão costeira, a poluição dos oceanos, a agricultura como fonte de poluição marinha, as áreas marinhas protegidas e cidadania/educação ambiental.
O território tem uma frente de costa de cerca de 50km, integrada na área do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, com áreas de proteção marinha e da Rede Natura, com grande atratividade para o turismo de natureza e de praia. As praias odemirenses têm sido galardoadas com a Bandeira Azul (ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa) e Praia Dourada (QUERCUS), símbolos que atestam a sua qualidade.
In: http://www.cm-odemira.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=27775&noticiaId=54731&pastaNoticiasReqId=54605

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds