Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

BEJA EXISTE! POR BEJA COM TODOS EXIGIMOS BOAS ACESSIBILIDADES!

Zé LG, 29.01.15

580px_e54c778f841f3e5271136.jpg“A coesão territorial e a coesão social são fundamentais para o desenvolvimento sustentado e harmonioso do concelho e das suas populações. Para que existam uma e outra são necessárias boas acessibilidades …”.
(extrato do Programa Eleitoral de 2013 do Movimento “Por Beja Com Todos”)

Num Concelho e Distrito do interior, como é o caso de Beja, a existência de adequadas acessibilidades assume uma importância vital, quer do ponto de vista económico, quer social.

Uma adequada rede rodoviária, associada a um bom serviço ferroviário, constituem-se como peças essenciais para a dinamização de outras estruturas da região, designadamente o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, o Aeroporto e a sua ligação ao Porto de Sines.

A contínua degradação a que foram votadas as ligações rodoviárias (IP8, IP2), e a desvalorização das ligações ferroviárias, têm vindo a contribuir para um crescente isolamento de Beja.

É cada vez mais urgente requalificar a ligação ferroviária entre Beja e Lisboa e entre Beja e o sul do país, promovendo a eletrificação do troço “Casa Branca – Funcheira”.

Esta justíssima aspiração esteve na base do “sobressalto cívico” a que o Movimento “Beja Merece” deu corpo.

É igualmente necessária e urgente a retoma e conclusão das obras de construção do IP8 e IP2.

O estado de degradação a que estas vias rodoviárias chegaram é não só lastimoso como cada vez mais perigoso para quem os tem de utilizar.

Assim, a Comissão Dinamizadora do Movimento “Por Beja Com Todos” decidiu subscrever o Manifesto “Nós Existimos, Nós Exigimos!” e apoiar ativamente o Dia de Luta pelo IP8, IP2 e estradas regionais, convocada pela CIMBAL e outras entidades regionais para o dia 30 de Janeiro, com início em Beja, às 11 horas, e prosseguir a luta também por um bom serviço ferroviário.

Beja, 28 de Janeiro de 2015

“ALQUEVA, UMA NOVA TERRA DE ÁGUA” PRESENTE NA 27ª AGROEXPO EM ESPANHA

Zé LG, 29.01.15

210120141310-466-Alqueva.JPGAlqueva marca presença na 27ªAGROEXPO-Feira Internacional, que se realiza em Don Benito, Espanha, até ao próximo sábado.
Trata-se de um dos certames agrícolas mais representativos e importantes para o sector e, esta edição, apresenta em simultâneo um conjunto de jornadas técnicas, durante as quais a EDIA vai apresentar o projecto de Alqueva.
Sob o título “Alqueva, uma plataforma para o desenvolvimento sustentável”, a apresentação do projecto vai decorrer, hoje, dia dedicado ao regadio, numa organização da Conselharia de Agricultura do Governo Regional da Estremadura.
Alqueva faz-se representar, no certame, com o stand “Alqueva, uma nova terra de água”, onde é possível tomar conhecimento dos últimos desenvolvimentos do Projeto e receber informação sobre a disponibilidade da EDIA no apoio aos agricultores e empresários.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=4960

“EXPERIMENTA ENERGIA” DA LÓGICA RECONHECIDO PROJECTO “ES+”

Zé LG, 28.01.15

260120151110-501-experienciaenergia.jpgO projeto “Experimenta Energia” da Lógica, EMSA- Sociedade Gestora do Parque Tecnológico de Moura, foi reconhecido como Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social, no âmbito do projeto MIES-Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social.
Ainda de acordo com o município com este reconhecimento o projecto promovido pela Lógica vai integrar a Rede IES passando a ter visibilidade nacional e internacional pelo trabalho realizado, com oportunidades de divulgação e reconhecimento do mesmo.
O projecto” Experimenta Energia” assenta na promoção da cultura científica e tecnológica, centrado nas questões da energia, nomeadamente a energia solar, a partir de actividades que assentaram num factor transversal: a experimentação.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=4950

“LANCHEIRA SORRISO EM MOVIMENTO” DISTINGUIDA “ES+”

Zé LG, 27.01.15

250120151610-222-LANCHEIRA.jpgO projecto “Lancheira Sorriso em Movimento” foi reconhecido como “Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social (ES+)”.
O galardão surge no âmbito do projecto MIES -Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social.
A “Lancheira Sorriso em Movimento” foi seleccionada entre 4 205 iniciativas com potencial de inovação e empreendedorismo social.
Jorge Rosário, enfermeiro membro da equipa técnica do projecto “Lancheira Sorriso em Movimento” mostra-se satisfeito com a distinção.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6157

DEPUTADO PITA AMEIXA QUESTIONA GOVERNO SOBRE FUNCIONAMENTO DOS SERVIÇOS DE URGÊNCIAS DO BAIXO ALENTEJO

Zé LG, 26.01.15

201501260944501.jpgO deputado do PS eleito pelo círculo de Beja, em requerimento apresentado hoje, questiona o ministro da Saúde Paulo Macedo sobre o funcionamento das urgências do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, e do Hospital do Litoral Alentejano.
O parlamentar quer assim saber se “nos meses de dezembro e janeiro”, nas urgências dos hospitais de Beja e do Litoral Alentejano, “ocorreu um aumento de procura, em termos homólogos” e se “ocorreu um aumento de casos de morte nas urgências, em termos homólogos”.

Hospital_quadradinho.jpgPita Ameixa quer ainda saber “qual a evolução homóloga”, verificada no mesmo período, nos serviços de urgência básica e avançada em castro Verde, Serpa, Moura e Odemira, quais “os tempos de espera que se têm verificado e como evoluíram” nos serviços de urgência referidos e se “em relação a cada um dos serviços de urgência referenciados” o ministério “reporta alguma insuficiência ou falta importante, nomeadamente instalações, material, equipamentos e meios humanos, entre outros), e, em caso afirmativo, quais as causas e vias de solução que aponta”.
In: http://da.ambaal.pt/noticias/?id=7124
e http://www.correioalentejo.com/?diaria=13120&page_id=36

CÂMARA DE ALVITO IMPLEMENTA SERVIÇO DE TELEASSISTÊNCIA A IDOSOS

Zé LG, 26.01.15

teleassistencia.jpgO Município de Alvito implementa mais uma resposta social para quem vive só, prestando serviço de teleassistência a idosos.
Teleassistência é um serviço que pretende contribuir para a manutenção da autonomia dos seniores no seu domicílio, com dignidade e segurança, proporcionando uma resposta imediata em situação de urgência/emergência 24 horas por dia, 7 dias por semana, bem como o apoio na solidão a todos aqueles que se encontrem em situação de vulnerabilidade ou dependência física ou psicológica.
A fase experimental teve início em Dezembro e as inscrições continuam abertas.
Os munícipes interessados em aderir ao Sistema de Teleassistência deverão fazê-lo junto do Serviço de Ação Social, mediante o preenchimento de uma ficha de inscrição.
Para mais esclarecimentos poderão ser contactados os serviços referidos através dos telefones 284 480 800 – 284480806 (ou por email: geral@cm-alvito.pt - acao.social@cm-alvito.pt).
In: http://www.cm-alvito.pt/pt/noticias/523/teleassistencia-para-idosos.aspx

“REGANHAMOS A ESPERANÇA, O OPTIMISMO E A DIGNIDADE.”

Zé LG, 25.01.15

syriza-tsipras2407433d3_400x225.jpgO Syriza, coligação de extrema-esquerda, venceu as eleições na Grécia. No primeiro discurso, o líder Alexis Tsipras anunciou o fim da austeridade.
“Hoje celebramos, amanhã começamos a trabalhar. O memorando da austeridade e da destruição, a troika, é passado”, disse.
O futuro primeiro-ministro grego acrescentou que ganhou “a Grécia que trabalha e tem esperança”. "É um sinal importante para uma Europa em mudança", disse Tsipras perante milhares de pessoas que se juntaram na praça em frente da Universidade de Atenas.
“Reganhamos a esperança, o optimismo e a dignidade. O povo grego escreveu história, a esperança fez história, a Grécia virou a página”, acrescentou Tsipras.
O líder do partido acrescentou ainda que “não há vencedores nem vencidos, recuperámos a nossa dignidade”.
In: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=1&did=176047

 

Todos os que não aceitamos o "pensamento único" e a "inevitabilidade" da política dominante que nos têm imposto entendemos que  “Reganhamos a esperança" com esta vitória do Syriza. Sabemos que esta vitória pode não representar mais do que o início de um processo complexo e prolongado que contribua para a alteração do estado a que isto chegou e para que outros povos, incluindo o nosso, saibam encontrar caminhos alternativos aos que nos têm imposto. Mas é essa a nossa maior esperança.

PCP APRESENTOU “PLANO IMEDIATO DE INTERVENÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL PARA O ALENTEJO”

Zé LG, 24.01.15

230120151408-478-PCPPLANO.jpgO documento elaborado pelo PCP que, vai dar entrada, na Assembleia da República, em forma de projecto-lei, na próxima 4ª feira, resultou de diversos contactos com estruturas sectoriais na região das áreas das pequenas empresas, comércio, turismo, sindicais, sociais e religiosas.
Para os comunistas a solução dos problemas da região passa por alterações a nível estrutural que rompam com a política de direita que tem conduzido o Alentejo à desertificação do território, ao declínio económico e à crise social.
O Plano inclui algumas medidas de caracter geral, outras mais específicas, umas que podem ter resolução imediata, outras a médio prazo.
No documento é também apontada a realização de um estudo, envolvendo várias entidades, para se saber qual é que deve ser a estratégia para a região tirar o melhor proveito possível de Alqueva porque, segundo o PCP, os alentejanos e as economias locais ainda não recolhem frutos significativos deste projecto.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=4942
e http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6141

HERÓIS DA ÁGUA DISTINGUIDO COMO "INICIATIVA DE ALTO POTENCIAL EM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO SOCIAL"

Zé LG, 24.01.15

10655227_761556420547521_135058009231897113_o.jpgO projeto de sensibilização ambiental Heróis da Água, promovido pela EMAS de Beja em parceria com a Câmara Municipal de Beja, foi distinguido como sendo uma “Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social”, no âmbito do projeto MIES (Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social).
Esta distinção fará com que o projeto promovido pela EMAS de Beja passe imediatamente a fazer parte da Rede IES e passará a ter um reconhecimento nacional e internacional pelo trabalho realizado, com oportunidades de divulgação e reconhecimento do mesmo, e terá acesso a um networking de pares de grande qualidade e diversidade.
Para o sucesso do nosso projeto, foi fundamental o envolvimento de toda a comunidade escolar do concelho de Beja, de todos os parceiros, bem como o contributo da equipa multidisciplinar do projeto e dos colaboradores da EMAS de Beja, para todos eles, o nosso obrigado.
In: http://www.bejadigital.pt/NoticiaDisplay.aspx?ID=7771

“DE MIM PARA MIM”

Zé LG, 23.01.15

220120152213-669-DEMIMPARAMIM_.jpgNa Biblioteca Municipal de Beja foi apresentado, esta tarde, o livro “De mim para mim”, uma obra póstuma que reúne textos de Carolina Tendon, de 22 anos que faleceu, em Fevereiro de 2014, vítima de uma embolia pulmonar.
Carolina de Sousa Tendon nasceu em Portimão, foi uma criança alegre e muito responsável, uma aluna exemplar, um exemplo de vida, uma inspiração e preservou essas características até ao momento da sua partida, aos 22 anos, no dia 10 de Fevereiro de 2014, em Évora, cidade onde era estudante universitária, a concluir o último ano de Medicina Veterinária. Aos 10 anos de idade escreveu o primeiro texto que deixou todos aqueles que o leram surpreendidos e o livro “De mim para mim” reúne as frases e os textos escritos pela Carolina.
Pedro Pinto, natural de Beja, publicou os textos escritos por Carolina, desde os 10 anos de idade, e concretizou o “sonho” da sua namorada.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6136
e http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=4920

Pág. 1/4