Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Afinal, o cante está em festa ? - ESCLARECIMENTO

Afinal, o cante está em festa. E a Unesco reconhece nesta maneira de cantar o valor patrimonial que nós sempre lhe identificámos. O que é justo. Justo é precisamente a designação inversa do tratamento que os grupos corais ainda vão tendo no País e, mais vergonhosamente, no estrangeiro. Os cantadores de Serpa estão em Paris para subir ao palanque grande da Unesco. Mas vieram de autocarro desde a margem esquerda do Guadiana. Os cantadores de Serpa estão na cidade luz, mas apenas viram a luz da cidade pelas janelas foscas da camioneta. Os cantadores de Serpa são as estrelas da companhia, mas não têm dignidade para serem convidados para a receção que o senhor embaixador dá hoje em sua casa, precisamente a propósito do cante poder vir a ser inscrito na lista do património cultural imaterial da Humanidade. Os cantadores de Serpa dormem num pardieiro a mais de uma hora de Paris, enquanto os convidados do senhor embaixador pernoitem nos hotéis de várias estrelas das zonas “bien” da cidade.
Ler todo o texto de Paulo Barriga em: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/cogumelos-e-medronho-licores-e-2801093?view=6760645#t6760645

 

 

ESCLARECIMENTOS:

1. Sem prejuizo da questão de fundo - a falta de dignidade com que são muitas vezes tratados os Grupos que preservam este Património Cultural -, segundo acabo de ser informado, as coisas não se terão passado exactamente como Paulo Barriga as refere neste seu texto. Conto publicar um alvitre sobre isto logo que me façam chegar as informações necessárias.

2. A nota final do comentário a que se acede através do link referido não é minha mas do anónimo que escreveu o comentário. Apesar disso, peço desculpa aos injustamente visados.

3. No dia de hoje, polémicas à parte, o que MAIS IMPORTA VALORIZAR é o facto do Cante Alentejano ser classificado como Património da Humanidade, o que muito irá contribuir para a divulgação e afirmação da identidade do Alentejo e do seu Povo.

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    Regional de Saúde Mental do Alentejo? Não há.

  • Anónimo

    Planos? Há muitos!

  • Ana Matos Pires

    É pá, como é que nunca nos tinha ocorrido isso? Ob...

  • Anónimo

    Ja viram a capa do Correio do Alentejo desta seman...

  • Anónimo

    o Cocas tambem tem direito á vida.Ficam as restant...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds