Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

SER EUROPEU

Sei o que é SER ALENTEJANO. Sei e sinto. Faz parte das minhas raízes, da minha identidade, do que sou de mais profundo.

Sei o que é SER PORTUGUÊS, principalmente quando estou no estrangeiro ou quando comparado com o ser de outros países.

Não sei o que é SER EUROPEU. E muito menos sinto o que é isso. Com frequência me identifico mais com povos, culturas e idiossincrasias de outros continentes. Ainda agora, ao assistir a jogos do Mundial de Futebol que põem em confronto selecções de países europeus com as de países outros continentes, torço, sem dar por isso, por estas últimas, principalmente dos continentes africano e americano.

Será que isto acontece com a maioria ou apenas com uma minoria de portugueses? E com os naturais de outros países europeus? Era importante dispormos de estudos deste fenómeno, porque pode residir aqui uma boa explicação para as dificuldades da “construção europeia”.

Maioria CDU na Assembleia Municipal aprovou extinção da INOVOBEJA

Foi ontem aprovada, com os votos da maioria CDU na Assembleia Municipal de Beja, a extinção da empresa municipal INOVOBEJA, com o fundamento na insustentabilidade económica e financeira.

O PS afasta o argumento financeiro, uma vez que a empresa só apresentou resultados negativos em 2013. “Houve transferências que não foram feitas do município para a INOVOBEJA que levaram à situação de resultado negativo” afirmou Paulo Arsénio.

O vereador Manuel Oliveira adiantou que os projectos a cargo da INOVOBEJA vão ficar a cargo de um Gabinete de Desenvolvimento que será criado pelo município, não se comprometendo com a garantia de emprego em relação às trabalhadoras da empresa.

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=4355

 

Importa recordar que esta empresa municipal foi criada pela Câmara Municipal de Beja, de maioria CDU, presidida por Francisco Santos. É caso para se dizer que mudam os tempos mudam-se as vontades. Mas seria importante explicar porque mudaram as vontades da CDU, porque as razões apresentadas para a extinção da INOVOBEJA não parecem justificar tal decisão.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tens toda a razão. Já cá faltava a patetice da com...

  • Anónimo

    Vote no PAN.

  • Anónimo

    Já cá faltava a patetice da habitual comparação co...

  • Anónimo

    alguém pode dizer onde é este lugar?

  • Anónimo

    Concordo a 1000% com M. Frade.Pode-se, rádios, jor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds