Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

O silêncio do presidente da Câmara de Beja

Ao longo dos anos dois assuntos têm dividido autarcas no âmbito das suas responsabilidades intermunicipais: o museu de Beja e o Diário do Alentejo. Em ambos os casos o adiamento, ad aeternum, tem revelado ou incapacidade ou desinteresse, conforme se deseje interpretar o falhanço. E em ambos os casos sobressaiu sempre uma luta partidária com consequências nefastas para a resolução dos problemas. O que é lamentável.

Estranho, que nem comunicação social, nem agentes políticos, nem defensores do património se preocupem com o silêncio de João Rocha. Sempre o silêncio. E que se veja na discussão deste tema sempre pouco do muito que está em causa.

Espero, sinceramente, que este seja finalmente o tempo do Museu de Beja, e que se lhe siga o tempo do Diário do Alentejo. Com iguais sensatez e responsabilidade.

Leia todo o texto de Jorge Barnabé em: http://www.alentejoemlinha.pt/finalmente-o-museu/

Decorridos os primeiros 100 dias de mandato, vale a pena comparar e avaliar alternativas para Beja

10 MEDIDAS PARA OS PRIMEIROS 100 DIAS

> Avaliação externa às contas do município e das empresas municipais;
> Assegurar uma gestão de porta aberta, para atendimento fácil de todos;
> Fazer uma análise correcta de custos e cobrar o preço justo dos serviços prestados;
> Reavaliação do programa de “refeições escolares”, de acordo com as necessidades mais sentidas;
> Criação de uma rede de “Refeitórios Sociais” e de “apoios domiciliários”, em colaboração as Freguesias e o movimento associativo, enquanto tal se revelar necessário;
> Encontrar uma solução para a gestão do Parque de Feiras e Exposições;
> Criação e divulgação, no Portal da Autarquia, das Oportunidades de Negócios;
> Elaboração de um programa de manutenção, reparação e melhoramento da rede viária;
> Estudo e Avaliação das zonas potenciais de Incêndio e Fogos Florestais;
> Reforçar o apoio ao movimento associativo e às Freguesias.

A candidatura “Por Beja com Todos” ao Município de Beja apresentou, no início da campanha eleitoral, a proposta de concretização destas “10 MEDIDAS PARA OS PRIMEIROS 100 DIAS” de mandato.
A candidatura da CDU, vencedora das eleições, só concretizou a medida de “gestão de porta aberta”, tanto quanto nos é possível apurar.
Cabe a cada um avaliar se teria sido melhor para as populações do concelho a concretização também das outras nove medidas propostas “Por Beja com Todos” ou ignorá-las, como fez a CDU.

In: https://www.facebook.com/porbejacomtodos?hc_location=timeline

Fernando Howell Franco faleceu

Fernando Howell Franco, faleceu, esta noite, no Hospital de Beja, vítima de doença prolongada.
Fernando Franco, tinha 69 anos de idade e esteve ligado à política activa na década de setenta tendo sido militante do PS. Foi jornalista, correspondente da ANOP, Lusa e Diário Popular. Colaborou com a Rádio Pax e a Voz da Planície, de que era cooperante Actualmente era colaborador/voluntário da delegação de Beja da Cruz Vermelha Portuguesa.
In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=2067 e http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=2991

À família enlutada apresento as minhas sentidas condolências.

IPBeja cria Laboratório de Sistemas Electrónicos

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) vai criar um Laboratório de Sistemas Electrónicos, Processamento de Sinal e Instrumentação, através de um projecto associado ao Departamento de Engenharia do Instituto.

O Laboratório tem como objectivo promover actividades de investigação e desenvolvimento; colaborar nas actividades lectivas do IPBeja, através de suporte às aulas práticas; promover a integração dos alunos em projectos de investigação e desenvolvimento; prestar serviços à comunidade; dinamizar actividades de formação e apoiar a publicação de trabalhos científicos.

In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=2061

Núcleo do Museu da Ruralidade “A Minha Escola” aberto ao público em Almeirim

Já foi inaugurado, em Almeirim, no concelho de Castro Verde, o Núcleo do Museu da Ruralidade "A Minha Escola" 

Este espaço pretende “mostrar como era uma sala de aula no século XX, seja ao nível do mobiliário, seja ao nível dos recursos didácticos e programas curriculares que aqui aparecem bem representados na colecção de manuais escolares”.

Recorde-se que a escola de Almeirim foi construída nos anos de 1958/1959 e iniciou a sua actividade no ano lectivo de 1959/1960. A escola funcionou até ao ano de lectivo de 2005/2006.

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=2977

As refeições nas escolas pioraram

Quanto às refeições, sempre houve e haverá queixas. Todavia os problemas têm-se agudizado nas Escolas onde as mesmas refeições são confeccionadas, casos de Santiago e Santa Maria, agravados por menos pessoal auxiliar e fiscalização menos eficaz. Todavia, esta foi objectivamente a posição das A. Pais e de diversos professores e espero que a situação melhore, embora tal não esteja ainda a acontecer.

josé velez a 26 de Janeiro de 2014 às 01:43, em: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/vereadores-do-ps-na-camara-de-beja-2626813?view=6260221#t6260221

Identificados novos locais com minerais no Alentejo

A Carta das Ocorrências Mineiras do Alentejo e Algarve vai ser actualizada.  

Teresa Ponce Leão, responsável pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), avançou que “há mais informação e mais dados onde há probabilidade de existirem minerais como o zinco, o chumbo, o níquel e, fundamentalmente, cobre".

Segundo a mesma fonte existe cobre, entre outras, nas faixas de Sousel/Barrancos, S. Cristóvão/Beja/Serpa e Ferreira do Alentejo/Mombeja/Beja.

O níquel aparece nas faixas de Ferreira do Alentejo/Mombeja/Beja e S. Cristóvão/Beja/Serpa.

A identificação de novos locais com minerais vai atrair mais investidores para toda a região.

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=2957

Vila Nova da Baronia recebe Campeonato Distrital de Corta-Mato por Escalões

A Associação de Atletismo de Beja, com a colaboração da Câmara Municipal de Alvito, do Clube da Natureza e dos Bombeiros Voluntários, vai levar a efeito no dia 25 de Janeiro de 2014, nos terrenos junto à entrada oeste de Vila Nova da Baronia, o Campeonato Distrital de Corta-Mato por Escalões, prova integrada no Circuito de Corridas Populares.

Podem participar atletas federados, populares e do Desporto Escolar (desde que em representação das escolas a que pertencem).

As inscrições devem ser feitas para o email atletismo.beja@gmail.com ou no próprio dia até 30 minutos antes do início da prova, desde que não prejudiquem o normal desenrolar da mesma.

In: http://www.cm-alvito.pt/default.aspx?module=DestaqueDisplay&ID=430

Comentários recentes

  • Anónimo

    Pode-se até concordar em parte com isso! Mas o Alv...

  • Anónimo

    Na prática:- EscOteiros: sem religião definida;- E...

  • Anónimo

    Exactamente!

  • Anónimo

    Um bom exemplo! Que aliás deveria ser replicado co...

  • Anónimo

    Zobaida disse aqui e muito bem, que depois de algu...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds