Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Não foi possível encontrar uma solução inclusiva para as eleições europeias

Todas as organizações manifestaram disponibilidade para discutir com o 3D e as reuniões decorreram num ambiente de discussão aberta.

Apesar da concordância de princípio com a necessidade da convergência nesta área política e com as questões programáticas essenciais constantes no Manifesto 3D, expressa por todos os interlocutores, não foi possível encontrar uma solução inclusiva que se traduzisse numa plataforma eleitoral comum a concretizar já nas próximas eleições europeias e que correspondesse aos objectivos do Manifesto 3 D.

Os promotores do Manifesto 3D reafirmam o seu empenhamento na construção de uma alternativa governativa assente na dignidade, na democracia e no desenvolvimento de Portugal, estando prontos para prosseguir este combate com todas as forças políticas que o queiram assumir. 

Nos próximos meses serão promovidos encontros em vários pontos do país com os subscritores do manifesto, abertos a todos os cidadãos e cidadãs que se revejam nos seus propósitos, tendo em vista dar conta do processo iniciado pelo lançamento do Manifesto 3D e debater os desenvolvimentos futuros desta iniciativa, a culminar numa assembleia de subscritores.

Parte final de comunicado do 3D relativo aos contactos com BE, RC e Livre.

CIMBAL, NERBE e ERT juntaram-se em defesa do “desenvolvimento regional”

De acordo com as mesmas existe “falta de estratégia nas políticas nacionais no que diz respeito às infra-estruturas regionais fundamentais”. A CIMBAL, o NERBE e a Turismo do Alentejo dão como exemplo as acessibilidades rodoviárias em que o IP8 e IP2 “ficaram por concluir”. Na opinião das entidades estas são vias de “grande importância para a promoção do desenvolvimento económico-social da região, reforçando a eficácia” do Porto de Sines, do Aeroporto de Beja e de Alqueva.

Em nota de imprensa a CIMBAL, NERBE e ERT dizem que o distrito está há “demasiado tempo neste impasse” e que já foram “desperdiçados milhões de euros”. Assim, as três entidades pretendem promover reuniões, mostrar a sua posição junto do Governo e lutar por um “território de oportunidades, mobilizando as entidades e instituições e as populações”.

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=3000

Ler e ouvir também em: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=2068

Renegociar a dívida: quando e como?

Debate com José Castro Caldas (IAC) e Ricardo Cabral (Un. da Madeira), 29 de janeiro de 2014, 17.30 horas, Centro de Informação Urbana de Lisboa (CIUL), Picoas Plaza- Rua Viriato, 13, Núcleo 6-E, 1º, Lisboa
No momento em que é entregue na Assembleia da República a petição “Pobreza não paga a dívida: renegociação já”, subscrita por mais de seis mil cidadãos e cidadãs, a Iniciativa para a Auditoria Cidadã (IAC) apresenta e leva à discussão as razões que justificam a abertura urgente de um processo de renegociação da dívida.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds