Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Não foi possível encontrar uma solução inclusiva para as eleições europeias

Zé LG Zé LG, 29.01.14

Todas as organizações manifestaram disponibilidade para discutir com o 3D e as reuniões decorreram num ambiente de discussão aberta.

Apesar da concordância de princípio com a necessidade da convergência nesta área política e com as questões programáticas essenciais constantes no Manifesto 3D, expressa por todos os interlocutores, não foi possível encontrar uma solução inclusiva que se traduzisse numa plataforma eleitoral comum a concretizar já nas próximas eleições europeias e que correspondesse aos objectivos do Manifesto 3 D.

Os promotores do Manifesto 3D reafirmam o seu empenhamento na construção de uma alternativa governativa assente na dignidade, na democracia e no desenvolvimento de Portugal, estando prontos para prosseguir este combate com todas as forças políticas que o queiram assumir. 

Nos próximos meses serão promovidos encontros em vários pontos do país com os subscritores do manifesto, abertos a todos os cidadãos e cidadãs que se revejam nos seus propósitos, tendo em vista dar conta do processo iniciado pelo lançamento do Manifesto 3D e debater os desenvolvimentos futuros desta iniciativa, a culminar numa assembleia de subscritores.

Parte final de comunicado do 3D relativo aos contactos com BE, RC e Livre.

CIMBAL, NERBE e ERT juntaram-se em defesa do “desenvolvimento regional”

Zé LG Zé LG, 29.01.14

De acordo com as mesmas existe “falta de estratégia nas políticas nacionais no que diz respeito às infra-estruturas regionais fundamentais”. A CIMBAL, o NERBE e a Turismo do Alentejo dão como exemplo as acessibilidades rodoviárias em que o IP8 e IP2 “ficaram por concluir”. Na opinião das entidades estas são vias de “grande importância para a promoção do desenvolvimento económico-social da região, reforçando a eficácia” do Porto de Sines, do Aeroporto de Beja e de Alqueva.

Em nota de imprensa a CIMBAL, NERBE e ERT dizem que o distrito está há “demasiado tempo neste impasse” e que já foram “desperdiçados milhões de euros”. Assim, as três entidades pretendem promover reuniões, mostrar a sua posição junto do Governo e lutar por um “território de oportunidades, mobilizando as entidades e instituições e as populações”.

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=3000

Ler e ouvir também em: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=2068

Renegociar a dívida: quando e como?

Zé LG Zé LG, 29.01.14

Debate com José Castro Caldas (IAC) e Ricardo Cabral (Un. da Madeira), 29 de janeiro de 2014, 17.30 horas, Centro de Informação Urbana de Lisboa (CIUL), Picoas Plaza- Rua Viriato, 13, Núcleo 6-E, 1º, Lisboa
No momento em que é entregue na Assembleia da República a petição “Pobreza não paga a dívida: renegociação já”, subscrita por mais de seis mil cidadãos e cidadãs, a Iniciativa para a Auditoria Cidadã (IAC) apresenta e leva à discussão as razões que justificam a abertura urgente de um processo de renegociação da dívida.