Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“A PCA da ULSBA não esclareceu…”

«Apesar das declarações de pias intenções, a PCA da ULSBA não esclareceu porque foram AQUELAS as camas escolhidas para fechar. Também não esclareceu qual é o mínimo de camas que considera que seja viável para manter a Unidade de AVC. Também se esquivou a dizer quais são as poupanças resultantes de ter menos camas. Assim como evitou revelar a redução de financiamento por efeito da entrega de Serpa.

Bulldog a 6 de Dezembro de 2013 às 11:05»,

em: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/2598615.html#comentarios

O engano no seu esplendor

«Fazem-no aqui porque convenceram os cidadãos com tanta ilusão. Com tanta esperança de liberdade e de mudança. Quase como se fossem a personificação da quimera. Os enganadores em seu esplendor.

E têm rosto. Têm identidade. E têm silêncio e demagogia na voz. Olhemos para eles: Carlos Moedas e Mário Simões! Carlos Moedas é o secretário de estado que deslumbrou a província. O concidadão que se esconde agora no gabinete, arquitectando as contas superiores às da TROIKA. Que já não nos olha. Que nunca quis cuidar de nós!

E Mário Simões é o político centrado em si próprio. Convencido pela eloquência da sua voz. Que ataca tudo e todos. Incluindo os seus pares. Que circunscreve tudo à divisão. Para reinar. Enquanto o deixarem reinar. É um género de ensaio sobre a contradição. Alguém que não se pode levar a sério.

Passaram dois anos e meio, muito tempo de ilusões e de enganos. De irresponsabilidades e demagogias. De populismo e de silêncios. É o engano no seu esplendor. O mau da política contra os cidadãos. O pior da política contra o próprio Estado! E fazem-no aqui. Contra o Baixo Alentejo. Contra os Baixo Alentejanos!»

 

É assim que termina o texto de Jorge Barnabé, publicado em: http://www.alentejoemlinha.pt/o-engano-em-seu-esplendor/

“Hospital de Beja era uma "instituição" considerada a nível nacional”

«Mudar o conceito de "obras" e centrar a acção no conceito de obra /trabalho realizado /contributo para manter o SNS saudável. Eliminar os desperdícios (são muitos), realizar despesa útil à promoção da saúde e ao tratamento eficaz das patologias. Centrar a despesa no "core business", em função do nosso principal eixo estratégico de intervenção.Complicado e difícil, dirão todos...mas alguns acreditarão...Há que envolver pelo menos esses e depois os outros (alguns) chegarão lá por assimilação. Ficarão os que fazem pouca falta. A ULSBA tem muitos e cada um poisa no seu barco, aquele dos interesses individuais, que tem que passar a ser um único, o que suporta os interesses da instituição. Lembro que só podemos falar de instituição quando ela de facto o é, senão falamos tão-somente de organização. E o Hospital de Beja era uma "instituição" considerada a nível nacional, em termos médicos e de gestão, foi um distrital, berço da gestão hospitalar...A "meia laranja" nas portas de Mértola também é uma instituição e o Luís da Rocha também (só para desanuviar da tecnicidade, acreditem, não é lição).
Para tudo isso é preciso uma equipa, como a de futebol, se possível com qualquer um do tipo Ronaldo (bem sei que só há aquele e a bola de ouro não é ainda um facto) a liderá-la e com jeitinho não podia ter"políticos "...Não sei é quem fazia esse papel, depois! É que ele tem que ser feito e bem desempenhado. A Presidente do CA até o fez de um modo satisfatório na última entrevista.

Além. O mau da fita a 7 de Dezembro de 2013 às 16:46,» em: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/2599411.html#comentarios

Comentários recentes

  • Anónimo

    Gosto.Categoria de mensagem. Teria a mesma mensag...

  • Anónimo

    Que outros agentes desportivos ... e já agora polí...

  • Munhoz Frade

    Exemplar.

  • Anónimo

    O problema, é que por mais considerações ideológic...

  • Anónimo

    “DesilusãoTenho estado, como é meu hábito, atento ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds