Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Foram quatro anos de costas viradas para as soluções”

A derrota eleitoral de Jorge Pulido Valente (JPV) nas eleições autárquicas em Beja, com apenas um mandato cumprido, é o melhor exemplo do pior.

… a verdade é que JPV não perdeu as eleições no dia 29 de Setembro, começou a perdê-las no dia em que as venceu em 2009 e acentuou essa derrota ao longo de quatro anos, por opção própria e com responsabilidades exclusivas.

Tenho o cuidado de não atribuir essa derrota ao PS. É tão injusto fazê-lo quanto indigno e egocêntrico foi JPV ao ignorar o PS ao longo de quatro anos.

Com tanta asneira política cheguei a pensar se não teria a vontade de perder as eleições. Percebo hoje que não, foi apenas incompetência política e uma personalidade muito própria e quezilenta que se sobrepôs a tudo e a todos e que destruiu a esperança e a ilusão de muita gente que desejou mudar os destinos de Beja.

Em quatro anos JPV foi um presidente implicante e divisionista, quando tinha a obrigação de ser agregador e garante de estabilidade, em confronto com as pessoas e com as instituições e contrário aos consensos.

Foram quatro anos contra a natureza da política! Com uma necessidade inatural de mediatismo, mesmo que para isso fossem escolhidos os caminhos do conflito. Também foram quatro anos de costas viradas para as soluções, procurando sempre e exclusivamente impor uma vontade, uma visão e um conceito a tudo e a todos. Enfim, o exemplo da governação que afasta os cidadãos da política!

 

Leia todo o artigo de opinião de Jorge Barnabé, em: http://www.alentejoemlinha.pt/o-melhor-pior-exemplo/

Diocese de Beja e UCASUL finalistas do Green Project Awards

A Diocese de Beja e a UCASUL – União de Cooperativas estão entre os finalistas do Green Project Awards (GPA), iniciativa da Consultora de Comunicação GCI, organizada em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus.

A iniciativa tem por objectivo mobilizar a sociedade civil para o desenvolvimento sustentável, distinguindo projectos e entidades com melhores práticas e resultados para um futuro sustentável e vai premiar os melhores projectos em sete categorias.

In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=1385

Ministra da Agricultura visitou obras de regadio sem a presença das associações de agricultores

A ministra da Agricultura visitou, ontem, as obras de Alqueva em curso na zona de Baleizão-Quintos.

Nesta sua visita Assunção Cristas deixou a garantia que está assegurado o financiamento para a conclusão do regadio de Alqueva em 2015.

In:  http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=1380

 

Porque não foram convidadas as associações de agricultores para estarem presentes?

ALVITO PRESENTE NA 1ª FEIRA DO PATRIMÓNIO

Decorreu ainda no evento, um Seminário Internacional sob o tema "Património, Economia, Turismo: Um caminho de Futuro", com a presença de destacados peritos nacionais e internacionais. Foi precisamente no dia do seminário, 18 de Outubro, que o Município de Alvito, através da Escola Profissional de Alvito, apresentou a degustação “Sabores das Terras da Baronia”, baseada em paladares criados em torno das ervas (da baronia) e também com os frutos secos característicos da Feira dos Santos.  Foram igualmente promovidos os acompanhamentos vínicos da Herdade das Barras e da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito.   

In: http://www.cm-alvito.pt/default.aspx?module=NoticiaDisplay&ID=789

Comentários recentes

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds