Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PCP volta a aliar-se ao PSD

Zé LG Zé LG, 17.10.13

Os partidos políticos regem-se por lógicas nacionais, pelo que sempre fazem leituras nacionais dos resultados eleitorais, quer estes se reportem a eleições nacionais, europeias, regionais ou locais. Para além das leituras específicas de cada eleição, a dimensão nacional é sempre apreciada.

É por isso que o PCP considerou que os bons resultados por si obtidos, nestas eleições autárquicas, contribuiram para reforçar a luta contra as

políticas que o governo do PSD / CDS está a praticar.

É, por isso, pouco coerente, que a nível local, se alie ao PSD, o principal responsável pela política que combate a nível nacional, para a composição de novos órgãos autárquicos, como aconteceu na eleição da Junta da União das Freguesias de Salvador e Santa Maria da Feira, em Beja.

É a aritmética dos lugares a sobrepor-se aos princípios.

“Comentários execráveis”

Zé LG Zé LG, 17.10.13

Será que vocês se conseguem deitar na vossa cama tranquilamente quando fazem comentários execráveis sobre as pessoas com quem, provavelmente, convivem frequentemente? Será que vão a missa ao domingo bater com a mão no peito e dizerem “mea Culpa, mea Culpa mea máxima Culpa”? Será que estes gordos da vossa terra falsificaram os canudos ou perderam o mérito todo ao serem avaliados como pessoas como v. Exas. É que desde o século XII, na lírica trovadoresca, há as cantigas de escárnio e maldizer, mas isto que eu li é de tal forma abominável e triste que me parece ser um infeliz exemplo da democracia que se vive em Alvito. Viver em democracia permite-nos, para além de outras coisas, concordar, discordar, propor para melhorar o que achamos menos bem, mas achincalhar os outros não me parece fazer parte dos preceitos democráticos. Para terminar, ainda ouso afirmar, que este tipo de “comentários” não devem ser o orgulho do autor deste blog que o criou, cito, para possibilitar aos intervenientes promoverem troca de ideias e reflexões sobre temas da atualidade.

Anónimo a 17 de Outubro de 2013 às 22:21, in: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/2553351.html?view=5885447#t5885447

“A população ficaria grata aos seus médicos por vê-los a defender o interesse geral”

Zé LG Zé LG, 17.10.13

O que pode a população pensar dos médicos com responsabilidades no Hospital de Beja, que aceitam as medidas prejudiciais à qualidade de prestação de cuidados nessa Unidade do SNS? Só pode pensar que essa atitude é de cumplicidade. É o que parece, pois salvo as escassas e honrosas exceções, não levantaram a sua voz contra o que se passa. Não é de acreditar que se calam por medo. Onde está o seu tão afamado poder corporativo? Certo é que se decididamente manifestassem clara oposição a medidas lesivas do Hospital, seria a nível superior que faltaria coragem para levá-las a termo. A população ficaria grata aos seus médicos por vê-los a defender o interesse geral. Até agora tem-se sentido abandonada por eles.

POVO a 16 de Outubro de 2013 às 09:45, in: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/2558310.html?view=5880422#t5880422