Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“O povo unido não mais será vencido!”

Não podemos pensar sobreviver à custa das esmolas estatais. Se queremos continuar a ser gente, temos de pensar em termos de comunidade e juntos organizarmo-nos para decidir como produzir e o quê e desenvolver, assim, a nossa própria economia.
É tempo de crescermos como pessoas e como membros de uma colectividade e deixarmo-nos de insultos e ataques pessoais que a todos nos desgastam e deprimem, nos distraem dos nossos objectivos e do nosso verdadeiro inimigo: o futuro sem futuro que nos espera!
Não devemos esquecer nunca que, seja qual for a cor de cada um, todos temos qualidades e defeitos e estamos todos no mesmo barco. Se não aprendermos a remar em sintonia ou se nos pusermos a dar com os remos na cabeça uns nos outros...o barco afundar-se-á inexoravelmente.
Ainda hoje se ouve esta frase nas manifestações: O povo unido não mais será vencido!
Esta frase tem muita força. Meditemos sobre o seu verdadeiro significado e apliquemo-lo a nós, como povo de Alvito.

Comentário de Maria Fialho a 6 de Outubro de 2013 às 00:45, em: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/2544428.html?view=5858860#t5858860

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ora aqui está um tema que deveria ser motivo de re...

  • Anónimo

    Pelos vistos vai ser o primeiro a profanar o sítio...

  • Anónimo

    Tens toda a razão. Já cá faltava a patetice da com...

  • Anónimo

    Vote no PAN.

  • Anónimo

    Já cá faltava a patetice da habitual comparação co...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds