Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Só lhe desejo que NUNCA seja atingido por esta PESTE!”

Carta de Mª Virgínia Machado (da Associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados)

A propósito do Deputado do PSD CARLOS PEIXOTO que diz que a nossa Pátria sofre de Peste Grisalha, não consegui conter a raiva e a seguir transcrevo o mail que lhe enviei que é para alguém me defender se criarem uma nova prisão de alta segurança ou me mandarem internar num hospício.
Segundo o seu comentário que transcrevo a seguir, gostaria de lhe fazer algumas perguntas:
A propósito de demografia escreveu: "A nossa pátria foi contaminada com a já conhecida peste grisalha."
Ora bem:
1º - Deduzo que o Sr. Carlos Peixoto, que nasceu a 13 de Fevereiro de 1968, foi por obra e graça do Espírito Santo e como tal deve achar-se um filho de Deus que desceu à Terra.
2º - Portanto cresceu sem pai, sem mãe, sem avós e sem berço.
3º - Apesar de tudo isso nasceu feliz porque hoje não tem ninguém na sua família a quem possa dizer que faz parte da peste grisalha.
4º - Também não tem que agradecer a ninguém os estudos que tem. Chegou a advogado também por obra do Espírito Santo !
E agora vamos a conclusões. Pois fique sabendo que eu tenho na minha família e eu própria pertenço à peste grisalha. E fique sabendo também que quando o Sr. Deputado nasceu já eu trabalhava. E assim foi durante 44 anos, não devo nada a ninguém, tenho educação, princípios e moral coisa que lhe falta a si e muito!
A si falta-lhe tudo o que eu tenho, amor, amizade, convicções, solidariedade, determinação. Tive pai, mãe, avós, berço, mesmo que tudo tenha sido modesto.
Sabe que se não morrer cedo e espero que não, terá que engolir as palavras que disse ou então pintar o seu cabelo porque a peste também lhe chegará e alguém poderá lembrar-se do que disse. Alguém obviamente mais novo porque o Sr. Deputado poderia ser meu filho hipoteticamente falando. Felizmente não é porque para seu mal seria diferente ou então não se livrava de um bom par de estalos. Fique bem no meio dos seus e não se esqueça de todas as noites agradecer ao Espírito Santo!

Maria Virgínia Machado

Marisa Santos é a candidata do SIM à Câmara de Sines

A vice-presidente da Câmara de Sines, Marisa Santos, é a candidata do movimento independente Sines Interessa Mais (SIM) à presidência deste município alentejano, nas eleições autárquicas de outubro, foi hoje divulgado.

A candidatura de Marisa Santos, 37 anos, licenciada em Direito, foi aprovada em reunião geral do SIM, da qual saiu também o nome do atual líder do município, Manuel Coelho, como candidato à presidência da Assembleia Municipal.

A candidata à presidência da câmara é natural de Sines e desempenha as funções de vice-presidente desde 2009, eleita pelo SIM, tendo anteriormente participado no executivo como vereadora, desde 2002, mas pela CDU.

O executivo é formado por quatro eleitos do SIM, dois do PS e um da CDU.

João Rocha iniciou encontros com entidades do concelho de Beja

O cabeça de lista da CDU à Câmara Municipal de Beja, João Rocha, iniciou esta semana um conjunto de encontros de trabalho, na cidade e nas freguesias rurais, com entidades representativas de vários sectores, entre eles, empresas, saúde, intervenção social, educação e agricultura, assim como com o movimento associativo local, que desenvolve o seu trabalho nas áreas do desporto e da promoção cultural.

A CDU refere que com aqueles encontros, o candidato a Beja pretende aprofundar o seu conhecimento sobre o trabalho que cada uma das entidades promove e os projectos que ambicionam vir a realizar, bem como de todos os constrangimentos que as impedem de ir mais além na prossecução dos seus objectivos.

“A ambição e o egoísmo não deixam fazer mais ovibejas, em Beja…”

“A Ovibeja não falha está sempre em crescendo e dá-nos muita satisfação que a Ovibeja se passe em Beja. Até poderia haver mais ovibejas, em Beja, se houvesse inteligência, mas a ambição e o egoísmo prevalecem e isso prejudica-nos a todos”. Estas afirmações foram feitas por Castro e Brito, presidente da Direcção da ACOS – Agricultores do Sul, ao “Preto no Branco” da Voz da Planície, numa entrevista em que o tema em destaque foi a 30ª edição da Ovibeja.

 

Castro e Brito considera que “há lobbies muito poderosos” ligados à EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas de Alqueva, que estão a “pressionar de uma maneira incrível” para que a rede de rega secundária seja gerida pela empresa.

Câmara de Beja preocupada com o eventual encerramento de camas no Hospital .

Numa posição tomada na reunião realizada ontem, a autarquia expressa “a sua total oposição a que tal se venha a verificar, dados os impactos altamente negativos que a situação iria provocar aos mais diferentes níveis”.

Jorge Pulido Valente afirma que há uma “degradação” dos cuidados de saúde e frisa que devido à insuficiência de camas, em determinadas alturas, há doentes que “permanecem demasiado tempo nos corredores do hospital deitados em macas”.

A Câmara aguarda a reunião solicitada à Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds