Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Inês Freitas do “Toupeira” foi a vencedora do vídeo que ilustra novo single dos Muse

Zé LG Zé LG, 20.03.13

Inês Freitas, natural de Beja, que frequentou o ateliê de banda desenhada da Casa da Cultura “O Toupeira”, que expõe, regularmente, no Festival Internacional de BD da cidade e que já ganhou diversos prémios, foi a vencedora do passatempo que os britânicos Muse lançaram no facebook e que tinha como objectivo escolher o vídeo que melhor ilustrasse a história do seu novo single, com o nome “Animals”.

O vídeo vencedor foi criado pela dupla Inês Freitas e Miguel Mendes, que estão a estudar design e multimédia, no Instituto Politécnico de Portalegre, esteve nos cinco finalistas durante uma semana, para ser votado, e ultrapassou os 3000 votos.

Tribunal chumba candidatura de Seara à Câmara de Lisboa

Zé LG Zé LG, 20.03.13

O Tribunal Cível de Lisboa diz que Fernando Seara não se pode candidatar à Câmara de Lisboa, dando provimento a uma providência cautelar. Esta decisão contraria a tomada por um tribunal de Loures, que nem sequer apreciou uma outra providência cautelar sobre a mesma matéria.

Paulo Romeira, do Movimento Revolução Branca, confirmou que o primeiro juízo cível dos juízos cíveis de Lisboa, aceitou o procedimento cautelar, ao considerar que a candidatura viola a lei de limitação de mandatos, uma vez que Seara cumpriu três mandatos como presidente da Câmara de Sintra.

O movimento aguarda agora pela decisão de outros tribunais, sobre outras candidaturas apresentadas nas mesmas condições.

Governo estuda criação de centro logístico de carga aérea no aeroporto de Beja

Zé LG Zé LG, 20.03.13

A criação de um centro logístico de carga aérea para o Centro e Sul do país no aeroporto de Beja está a ser estudada pelo Governo, que deixou cair o “potencial turístico” do equipamento.
O gabinete do primeiro-ministro confirma o “abandono da estratégia convencional baseada apenas no potencial turístico” em favor de uma utilização mais centrada nas necessidades das empresas dos sectores logístico e aeronáutico, caso da manutenção de aviões, de componentes ou formação profissional.
A proposta do centro logístico de carga aérea consta entre as sugestões para a rentabilização da infra-estrutura avançadas pelo grupo de trabalho nomeado pelo secretário de Estado Sérgio Monteiro e é encarada de forma positiva pela ANA – Aeroportos de Portugal, que detém a concessão do aeroporto baixo-alentejano.

Veja aqui e aqui.