Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Maria Helena Figueiredo é candidata do BE à Câmara de Évora

Maria Helena Figueiredo nasceu em Setúbal a 1 de Junho de 1954. Em 1964 passou a residir em Évora, onde frequentou o Liceu Nacional de Évora, até 1970, tendo finalizado os estudos secundários em 1972, em Almada. Concluiu em 1978 a Licenciatura em Direito, na Faculdade de Direito de Lisboa. Desde Julho de 2002, reside em Évora e trabalha na Direção Regional da Agricultura e Pescas do Alentejo onde chefia o gabinete jurídico e de auditoria interna. 

Não tem, nem teve qualquer filiação partidária. Participa ativamente em movimentos da sociedade civil: foi membro da comissão distrital de Évora na 1ª candidatura de Manuel Alegre à Presidência da República, participa em movimentos e ações de defesa da cultura e na construção das alternativas democráticas. É membro de associações culturais e cívicas e do Grupo “Vozes do Imaginário”. 

A lista de candidatos à Assembleia Municipal de Évora será encabeçada por Bruno Martins, de 29 anos, licenciado em Psicologia pela Universidade de Évora, membro do Bloco de Esquerda, tendo exercido, no atual mandato, funções na Assembleia Municipal de Évora como deputado municipal. 

É Psicólogo na Associação de Paralisia Cerebral de Évora e no Gabinete de Apoio ao Estudante da Universidade de Évora. Nesta mesma Universidade tem colaborado como Assistente Convidado do Departamento de Psicologia.

Câmara de Beja tem nova data para conclusão das obras na baixa da cidade, embora sem “pormenor escultórico” na “meia-laranja”

Depois de sucessivas derrapagens temporais, dia 21 de Março, início da Primavera, é a nova data apontada para conclusão das obras do Projecto Integrado de Beneficiação da Baixa de Beja, segundo o presidente da Câmara, que admite que nessa data poderá faltar um pormenor escultórico pois a peça da “meia-laranja” ainda está em fase de conclusão.

Carlos Pinto Sá é o candidato da CDU à Câmara de Évora

O PCP decidiu avançar com o nome de Carlos Pinto de Sá para liderar a lista da CDU à Câmara de Évora nas eleições autárquicas deste ano.

Nascido em Montemor-o-Novo, com 55 anos de idade, Carlos Pinto de Sá desde cedo abraçou a luta pelos ideais da liberdade tendo participado na resistência ao fascismo integrado no MDP/CDE.

É membro do PCP desde 1974, foi fundador da Associação de Estudantes da Universidade de Évora onde é professor de Economia nas áreas de política económica, história do pensamento económico e economia da integração europeia.

Foi presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, da GESAMB e do Conselho Fiscal da Associação Nacional de Municípios.

Foi membro do Conselho Nacional da Reserva Ecológica Nacional é membro do Comité das Regiões da União europeia.

Ovibeja 30 anos capricha nos concertos musicais

A Ovibeja 2013 assinala, entre 24 e 28 de Abril, o seu 30º aniversário. Com um programa ainda mais ambicioso que nas edições anteriores, um dos pontos altos vai ser o cartaz de espectáculos.

A noite de 24 de Abril vai estar por conta dos bejenses Virgem Suta e António Zambujo, formações que já dispensam qualquer tipo de apresentação.

No dia 25 de Abril o palco da Ovibeja vai abraçar os inúmeros sucessos dos Xutos e Pontapés numa noite que promete ser longa e inesquecível.

 Buraka Som Sistema é a proposta para a noite de 26 e, a fechar o cartaz de espectáculos da Ovibeja sobem ao palco, na noite de sábado, os The Gift, a banda portuguesa de Alcobaça formada em 1994.

Em ano de celebração do seu 30º aniversário, a animação da Ovibeja nas muito aguardadas “ovinoites” vai ainda contar com DJ’s.

 

A Ovibeja 2013, que este ano tem como tema central a água, a propósito da celebração do “Ano Internacional da Cooperação para a Água”, é organizada pela ACOS – Agricultores do Sul.

Comentários recentes

  • Anónimo

    1-Não mais há propriedade individual, a terra não ...

  • Anónimo

    Gosto.Categoria de mensagem. Teria a mesma mensag...

  • Anónimo

    Que outros agentes desportivos ... e já agora polí...

  • Munhoz Frade

    Exemplar.

  • Anónimo

    O problema, é que por mais considerações ideológic...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds