Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"PASSOS COELHO CONFESSA-SE CRIMINOSO"

Não restam quaisquer dúvidas de que, ao deixar derrapar a execução orçamental, ao afundar a economia nacional e ao não cumprir os objectivos que se propôs, designadamente não atingindo a meta do défice (4,5%) com que expressamente  se comprometeu, o Governo incorreu em responsabilidade criminal.

Quem o disse foi o próprio Dr. Passos Coelho, num discurso de que o "Correio da Manhã", de 6-11-2010, publicou os seguintes excertos:

"Se nós temos um Orçamento e não o cumprimos, se dissemos que a despesa devia ser de 100 e ela foi de 300, aqueles que são responsáveis pelo resvalar da despesa também têm de ser civil e criminalmente responsáveis pelos seus actos e pelas suas acções"

"Não podemos permitir que todos aqueles que estão nas empresas privadas ou que estão no Estado fixem objectivos e não os cumpram. Sempre que se falham os objectivos, sempre que a execução do Orçamento derrapa, sempre que arranjamos buracos financeiros onde devíamos estar a criar excedentes de poupança, aquilo que se passa é que há mais pessoas que vão para o desemprego e a economia afunda-se"

"Não se pode permitir que os responsáveis pelos maus resultados andem sempre de espinha direita, como se não fosse nada com eles". "Quem impõe tantos sacrifícios às pessoas e não cumpre, merece ou não merece ser responsabilizado civil e criminalmente pelos seus actos?"

 

Proféticas palavras!

Pois se assim é, e é, de facto, aguarda-se que o Dr. Passos Coelho seja, por uma vez, coerente e se vá entregar, imediatamente, no posto da G.N.R. de Massamá !!!

 

Recebido por e-mail.

António Sebastião abandona PSD e integra lista de independentes à Câmara de Almodôvar

António Sebastião disse que houve uma excessiva intromissão de algumas pessoas da Comissão Política Distrital de Beja do PSD, em especial do Deputado Mário Simões, com o nítido propósito de impor uma solução artificial em Almodôvar, acrescentando que existiam compromissos que foram rasgados, utilizando para isso todos os pretextos, dando o dito por não dito, confundindo, manipulando, destruindo o que poderia ter sido um processo simples, bem conduzido, onde todos tivessem lugar e, certamente, conducente a mais uma vitória expressiva do PSD.

Naquela sessão, António Sebastião revelou também que vai entregar o cartão de militante do PSD, integrar uma lista de cidadãos independentes, que pretende ganhar a Câmara de Almodôvar, nas autárquicas deste ano, que a mesma é encabeçada por João António Palma, vereador na autarquia almodovarense, e que o seu nome surgirá como número dois. De referir ainda, que na sessão que António Sebastião realizou ontem, na Biblioteca Municipal de Almodôvar, estiveram presentes também João António Palma e Sílvia Baptista, ambos vereadores da Câmara de Almodôvar, assim como Francisco Teixeira, presidente da Assembleia Municipal.

Leia aqui todo o esclarecimento de António Sebastião.

Comentários recentes

  • Anónimo

    M. Frade, não compreendeu o que petendi dizer com ...

  • Munhoz Frade

    Quis dizer “gerar” e não “gerais”. Não reparei na ...

  • Anónimo

    Seria voltar a focar as questões ligadas ao modo d...

  • Munhoz Frade

    Um pouco de polémica, meu caro ZLG:Sabemos que cau...

  • Anónimo

    É pena que o próprio DA não se tenha interessado p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds