Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Que balanço faz deste mandato?

Jorge Pulido Valente (PS), o novo presidente da Câmara Municipal de Beja, afirmou que os eleitos do PS não abdicarão «do poder de decisão» que lhes foi confiado pela maioria da população e que, por isso, assumirão «por inteiro a responsabilidade» de serem «um verdadeiro governo local» e «as consequências das nossas opções», neste «novo e renovado ciclo de quatro anos em que, sob o lema Beja Capital, iremos trabalhar sem limites, todos os dias, com todos e para todos, para conseguirmos mais desenvolvimento, mais coesão social, mais qualidade de vida, mais participação pública e transparência, mais e melhores serviços públicos», estabelecendo quatro agendas prioritárias: o desenvolvimento económico (criação de empresas, de riqueza e de emprego); o desenvolvimento social, a qual terá como base o Plano de Desenvolvimento Social e como objectivos fundamentais a coesão e a justiça sociais; a qualidade de vida «que abrange todas as áreas que são decisivas quer para o nosso bem-estar do dia-a-dia, quer para a capacidade de atracção e fixação de novos povoadores»; a cooperação, a qual irá permitir o reconhecimento de Beja como verdadeira capital do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral.

 

A pouco mais de nove meses do final do mandato, em cujo início fez estas afirmações, convido-os a fazerem o vosso balanço deste mandato tendo em consideração aquelas afirmações de Jorge Pulido Valente.

A reportagem "pescada"

Veja sobre Beja a partir dos 18 minutos. Esta foi uma reportagem feita para provar uma ideia, que infelizmente é apoiada por alguns bejenses, de que todos os investimentos públicos aqui feitos são "elefantes brancos". Por isso do que lhes foi dito (no meu caso foi assim) só aproveitaram o que poderia contribuir para essa ideia, cortando frase ou retirando-as do contexto em que foram proferidas.

Raquel Soudo escolhida para candidata do PS à Câmara de Cuba

Ana Raquel Soudo, 42 anos, casada, 2 filhos, foi escolhida para candidata à Câmara de Cuba pela Comissão Politica Concelhia do PS, de que é presidente. É membro da Assembleia Municipal de Cuba desde as autárquicas de 1997, da CIMBAL, e presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação das Escolas do Concelho de Cuba e integrou a lista de candidatos do PS à Assembleia da Republica em 2009 e 2011e faz parte do Conselho Político do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas. É Técnica Superior de Reeducação no Estabelecimento Prisional Regional de Beja, licenciada em Investigação Social Aplicada, Pós-Graduada em Ciências Criminais, com frequência do Mestrado “Instituições, Justiça Social, Gestão e Desenvolvimento” e Curso de Pós-Graduação em “Problemas Jurídicos da Droga e da Toxicodependência”.

Não se confirmou a candidatura actual do vice-presidente da Câmara, Carlos Almeida, que no início do mandato ficou previsto que avançaria nas autárquicas de 2013.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tens toda a razão. Já cá faltava a patetice da com...

  • Anónimo

    Vote no PAN.

  • Anónimo

    Já cá faltava a patetice da habitual comparação co...

  • Anónimo

    alguém pode dizer onde é este lugar?

  • Anónimo

    Concordo a 1000% com M. Frade.Pode-se, rádios, jor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds