Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Obrigado a todos!

Saí esta tarde do Hospital de Beja, onde fui operado aos instestinos, há uma semana. A operação correu bem e a recuperação, até agora, também.

Aproveito o Alvitrando para agradecer a todos os que contribuiram para a rapidez e êxito da intervenção, designadamente a minha médica de família, Dr.ª Conceição Margalha, a Dr.ª Maria Salazar, que diagosticou a doença, e a equipa que me operou, chefiada pela Dr.ª Fátima Caratão, não esquecendo a forma como fui tratado por todos enquanto estive internado. Mais uma vez confirmei a boa qualidade dos serviços de saúde prestados no SNS.

Aproveito também a oportunidade para agradecer a todos os que, nestes dias, se interessaram pelo meu estado de saúde e manifestaram a sua solidariedade em mais esta fase difícil da minha vida. É bom saber que tenho tantos amigos e que posso contar com eles.

A todos o meu muito obrigado!

Carlos Castelinho é candidato do PS à presidência da Câmara de Marvão

Carlos Castelinhoé candidato do PS à presidência da Câmara de Marvão

Carlos Castelinho foi o nome escolhido, pela totalidade dos membros da assembleia de militantes do PS de Marvão, para candidato do partido à presidência da Câmara Municipal deste município do distrito de Portalegre.

A candidatura de Carlos Castelinho deverá incluir dois movimentos independentes: “Juntos por Marvão e pessoas do Movimento por Marvão”.
Carlos Castelinho é professor tendo desempenhado diversas funções de administração nas escolas por onde passou.

Castro e Brito pede à população da cidade que “não deixe acabar com um património que levou e custou tanto a construir”

A polémica em torno da extinção da ExpoBeja e o futuro do Parque de Feiras e Exposições da cidade foram comentados por Castro e Brito, o presidente da Direcção da ACOS, que garantiu que “não seria necessário extinguir a ExpoBeja se o parceiro Câmara Municipal tivesse pago as suas dívidas”. Acrescentou que “a estratégia utilizada foi intencional, para acabar com o Parque, para ser só um a gerir e para servir ou interesses não de um partido, mas de uma pessoa”.

Sobre esta matéria fez ainda, questão de dizer que a ACOS “não vai deixar cair o Parque de Feiras e Exposições de Beja” e de lançar um repto à população da cidade, pedindo que a mesma “não deixe acabar com um património que levou e custou tanto a construir”.

Pulido Valente "passou a bola" a Castro e Brito, que lha devolveu porque "não tem confiança" nele

Jorge Pulido Valente, afirma que aguarda o envio de um modelo sugerido pela ACOS, que prevê a posse e gestão integral do Parque de Feiras e Exposições de Beja pela associação, em condições a definir conjuntamente, uma vez que “a ACOS voltou a recusar mais uma proposta de protocolo apresentada pela autarquia, sendo que é já a terceira proposta recusada”, pelo que “a bola passou para o lado da ACOS” pois as propostas da autarquia não foram aceites.

 

Castro e Brito, presidente da ACOS, “não compreende as posições do presidente da Câmara de Beja relativamente ao Parque de Feiras e Exposições”, dizendo que “não pode negociar” com quem não tem “confiança” e acrescentando que: “perdeu-se uma grande oportunidade de levar as coisas a bom termo”, concluindo que “não há condições para chegar a entendimento”.

Adega Cooperativa de Vidigueira Cuba e Alvito distinguida com o Estatuto de PME Líder 2012

A Adega Cooperativa de Vidigueira Cuba e Alvito foi distinguida, pelo segundo ano consecutivo, com o Estatuto de PME Líder 2012. Esta distinção, atribuída pelo Instituto de Apoio a Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI) e por um conjunto de entidades independentes, constitui o reconhecimento da solidez financeira, qualidade e liderança da gestão da Adega. O diploma com o estatuto foi entregue em Dezembro passado.
José Miguel Almeida, presidente da Adega Cooperativa de Vidigueira, realça a importância do galardão pois revela que “a empresa está no bom caminho”. Em sua opinião o estatuto “abre algumas portas e facilita o acesso ao crédito”.

Caravana automóvel em defesa das freguesias

Amanhã realiza-se uma caravana automóvel, pelo concelho de Beja, em defesa das freguesias.

S.Brissos, Trigaches, Mombeja, Santa Vitória, Mina da Juliana, Albernoa, Trindade, Salvada e Quintos este é o percurso de uma caravana automóvel em defesa das freguesias marcada para o próximo domingo, a partir das 10.00 horas.

Sandra Margarida, presidente da Junta de Freguesia de Albernoa e uma das dinamizadoras da caravana, afirma que este não é um “assunto arrumado” e o facto da lei já ter sido promulgada dá ainda mais motivos para protestar, acrescentando que os protestos não vão parar e já está a ser pensada uma iniciativa para a cidade de Beja.

No caso do concelho de Beja aquilo que a nova lei prevê é que o número de freguesias passe de 18 para 12. Na cidade em vez das 4 freguesias existentes, passam a ser somente duas, devido à agregação de Santiago Maior com São João Baptista e Salvador com Santa Maria da Feira. Relativamente às freguesias rurais a ideia é criar as Uniões de Freguesias de Trigaches e São Brissos, Salvada e Quintos, Albernoa e Trindade, Santa Vitória e Mombeja.

Pág. 1/6

Comentários recentes

  • Anónimo

    Comboio parado a 10 km de Beja. Continua a saga! Q...

  • Anónimo

    Uma leitura curiosa do J.Espinho.Algo incoerente e...

  • votante

    Pois eu vou votar, mas com a convicção que o meu v...

  • Anónimo

    Que os Baixo-Alentejanos votem CONTRA o Governo do...

  • Francisco Santos

    Para além de tudo isso a Maria Alice foi uma das p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds