Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Candidaturas independentes e eleições primárias

Quando, em vez de partidos, são movimentos de cidadãos a apresentar candidaturas, como acontece em eleições autárquicas, quase sempre esses processos são desenvolvidos tendo como referência o protagonista principal, quase sempre um autarca desavindo com o seu partido.

Raramente, embora haja alguns casos, as candidaturas independentes o são genuinamente e se desenvolvem de baixo para cima, de forma participada pela maioria dos que envolve e mobiliza.

… acho que seria de todo o interesse, quer para os partidos quer para a sociedade em geral, que a escolha dos seus candidatos às eleições resultasse de eleições primárias internas, a partir da apresentação de auto-candidaturas de todos os interessados.

Os candidatos (cabeças de listas) a candidatos teriam de apresentar e defender as suas motivações e as razões das suas candidaturas, as bases das equipas e as principais ideias e propostas que propunham concretizar se fossem eleitos.

Daqui resultariam, em meu entender: um compromisso maior entre os candidatos escolhidos e as organizações partidárias, que não apenas as suas direcções centrais; candidatos, equipas e programas eleitorais melhor preparados; maiores mobilizações e participações; mais qualidade e maior credibilidade da democracia, quer interna dos partidos, quer geral da sociedade.

Parte do texto que escrevi em 3.11.2008, publicado na Revista Mais Alentejo, nº 87, que pode ler na íntegra aqui.

“E Beja …”

E Beja a mãe de todas elas uma mão cheia de nada, não temos uma identidade, perdemo-la, apenas conhecidos por ser a capital da politiquice barata e da canelada, da inveja, do escárnio e mal dizer. Beja pouco tem já o que nos faça orgulhar de aqui viver e tristes aqueles que teimam em por cá querer fazer as suas vidas.
Beja capital das anedotas e do humor ... tristes aqueles que algum dia acreditaram...
E não vai com Revoltas por Beja e muito menos com Movimentos com e por todos, que se sabe muito bem de onde vêem...

eu a 26 de Novembro de 2012 às 17:13, aqui.

 

Beja tem potencialidades para ser do pão do trigo e de outras coisas se os cidadãos fizerem por isso e tem pessoas inteligentes e que sabem fazê-lo. Sé têm de deixar-se de intrigas que os dividem e unir-se em prol do concelho. O movimento do Beja Merece conseguiu atrair pessoas que não se esperava aderissem. Mas só a câmara ou outra entidade isolada consegue. Não é só criticando negativamente e sem apontar alternativa que vamos lá ou haverá outras soluções?

Antonio ze a 26 de Novembro de 2012 às 23:06, também aqui.

“As minhas dúvidas que também eles tenham a culpa toda...”

Enquanto cidadão, assumo ter responsabilidades neste estado de coisas, designadamente pela prática de não ter exercido uma presença activa nas coisas da gestão da república. Tal como ainda muitos outros concidadãos o fazem, mesmo nesta situação de crise, sem remorsos, e despreocupadamente...
Por outro lado, rejeito sentir-me culpado por dívidas que não contraí, nem de usufruir de direitos que não mereça. Sempre vivi do meu trabalho, esforçado e honesto. Levo uma vida sem luxos. Porquê sentir alguma má consciência?
E quanto à sanha persecutória relativamente à dita classe política, diga-se que deles foi constantemente exigido, pelos eleitorados, que nos dessem um futuro a desfrutar a breve prazo, em que, para utilizar uma expressão das nossas raízes culturais, "corra o leite e o mel".
Portanto, as minhas dúvidas que também eles tenham a culpa toda...

Zé katango a 26 de Novembro de 2012 às 09:14, aqui.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds