Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Por Beja com Todos" convida a participar na escolha dos candidatos

Tendo em conta a importância atribuída à democracia participativa e os meios de que dispõe, o movimento “Por Beja com todos” convida todos os cidadãos do concelho de Beja a participarem na escolha dos principais candidatos aos órgãos autárquicos. Para tal, poderão durante o mês de Dezembro propor, através do e-mail do movimento (porbejacomtodos@gmail.com), nomes para candidatos a candidatos a presidente da Câmara Municipal, a presidente da Assembleia Municipal e a presidente da Junta de Freguesia, a apoiar pelo movimento “Por Beja com todos”.

Depois de, em Janeiro, os órgãos dirigentes do movimento terem seleccionado os nomes para candidatos a candidatos aos referidos órgãos autárquicos, com base nos critérios definidos, em Fevereiro poderão votar, através da Internet e, se possível com urna itinerante, naqueles nomes.

Depois daquela votação, os órgãos dirigentes do movimento selecionarão os nomes dos candidatos a apoiar pelo movimento “Por Beja com todos”, como cabeças das listas à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal e à Assembleia de Freguesia, tendo em conta os resultados das votações, os critérios definidos e ouvidos os votados.

Os critérios a ter em conta na escolha dos candidatos, a apoiar pelo movimento “Por Beja com todos” serão: Vontade; Identificação com os princípios do movimento; Disponibilidade; Idoneidade; Competência; Experiência; Liderança; Trabalho de equipa; Capacidade para o diálogo; Conhecimento do concelho; Notoriedade / Reconhecimento e Simpatia.

Francisco Ceia apresenta “Jogo de Janelas” em Beja

O auditório da Biblioteca Municipal José Saramago em Beja recebe, esta tarde, a partir das 18.30 horas, a apresentação do livro “Jogo de Janelas” da autoria de Francisco Ceia.

O autor constrói uma narrativa feita de muitas histórias e entrelaça e entretece a literatura com a poesia, num vocabulário rico pleno de ironia, de burlesco e de humor de fino recorte, relatando histórias de verdade, adocicadas de ficção literária, numa originalidade surpreendente.

Mário Simões visita Alvito

O deputado do PSD eleito por Beja, Mário Simões, no âmbito do roteiro “14 Semanas, 14 concelhos”, visita, hoje, o concelho de Alvito, onde estabelece contactos com o Grupo Desportivo e Cultural Baronia, a Sociedade Filarmónica Instrução e Recreio Vilanovense, o Centro Social e Paroquial de Vila Nova da Baronia, o Clube Natureza, a Associação do Grupo de Cante Coral Alentejano, a UCASUL–União Cooperativa Agrícola e ainda a Escola Profissional e a Pousada.

O roteiro pretende ser uma iniciativa de proximidade permitindo a Mário Simões ter uma visão mais concreta, real e pormenorizada da situação que se vive no distrito de Beja nas mais diversas perspectivas porque estão previstos contactos com empresas, instituições e populações.

Nem elefante branco nem cisne resplandecente

Gritou-se “mais um elefante branco!”, mais dinheiro público enterrado em obras sem sentido, eis porque estão as finanças lusas num estado lamentável. Coincidiu o encerramento do aeroporto com a fase inicial do Governo de Passos Coelho e com as diatribes contra o despesismo, público, putativo pai e mãe de todos os males da pátria lusa.

Agora, no preciso momento em que, a austeridade pela austeridade se revela um beco sem saída e a popularidade do Governo cai a pique, descobre-se que, afinal, a pista de Beja tem utilidade: as grandes companhias mundiais de logística precisam de pistas longas, situadas em zonas pouco povoadas e onde possam operar 24 horas por dia. Nesta perspetiva, Beja deixou de ser um elefante branco para se metamorfosear num cisne resplandecente.

Afinal havia aeroporto...

É assim que termina um texto de Rui Cardoso, intitulado “Era uma vez um aeroporto”, publicado aqui.

 

 

Ora, a mim parece-me que o Aeroporto de Beja não é um elefante branco, como uns gostariam, nem é um cisne resplandecente, como outros gostam de imaginar. É apenas um terminal aeronáutico, construído com um pequeno investimento, que permite aproveitar as excelentes pistas da Base Aérea e viabilizar a instalação de empresas do ramo aeronáutico. Se formos um pouco mais contidos nas manias de grandezas, talvez as nossas expetativas não saiam frustradas.

Demita-se Senhor primeiro-ministro!

Ao embuste, sustentado no cumprimento cego da austeridade que empobrece o País e é levado a efeito a qualquer preço, soma-se o desmantelamento de funções essenciais do Estado e a alienação imponderada de empresas estratégicas, os cortes impiedosos nas pensões e nas reformas dos que descontaram para a Segurança Social uma vida inteira, confiando no Estado, as reduções dos salários que não poupam sequer os mais baixos, o incentivo à emigração, o crescimento do desemprego com níveis incomportáveis e a postura de seguidismo e capitulação à lógica neoliberal dos mercados.

Perdeu-se toda e qualquer esperança.

No meio deste vendaval, as previsões que o Governo tem apresentado quanto ao PIB, ao emprego, ao consumo, ao investimento, ao défice, à dívida pública e ao mais que se sabe, têm sido, porque erróneas, reiteradamente revistas em baixa.

O Governo, num fanatismo cego que recusa a evidência, está a fazer caminhar o País para o abismo.

A recente aprovação de um Orçamento de Estado iníquo, injusto, socialmente condenável, que não será cumprido e que aprofundará em 2013 a recessão, é de uma enorme gravidade, para além de conter disposições de duvidosa constitucionalidade. O agravamento incomportável da situação social, económica, financeira e política, será uma realidade se não se puser termo à política seguida.

Ler mais:

http://expresso.sapo.pt/carta-aberta-a-passos-coelho-na-integra=f770322#ixzz2DcwwNuY7

Pág. 1/10

Passaram por cá

(desde 15-01-2011)

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    A propósito de Silos, estão todos convidados. Apar...

  • Anónimo

    Andam por aí umas cromas a falar de recusa de tran...

  • Anónimo

    Só para complementar o que atrás se refere.Todos a...

  • Anónimo

    Foram edifícios construídos depois da grande cheia...

  • Anónimo

    Então é mesmo. De um lado os rapazes e do outro as...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds