Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Governo confirma redução das acessibilidades no Baixo Alentejo

"Estamos preocupados e não saímos satisfeitos da reunião, porque o que estava previsto", a construção da A26 entre Sines e Beja e o IP2 requalificado nos troços São Manços/Beja e Beja/Castro Verde, "pelos vistos, para já, não é o que vai acontecer", lamentou, referindo, no entanto, que há "abertura" do Governo "para que a situação possa ser revista no futuro", afirmou o presidente da CIMBAL, José Maria Pós-de-Mina.

As obras de construção da A26 e de requalificação do IP2, nos troços São Manços/Beja e Beja/Castro Verde, incluídas na subconcessão Baixo Alentejo, estão suspensas devido à renegociação do contrato entre o Governo e o concessionário, a Estradas da Planície.

Segundo o secretário de Estado disse, a renegociação da subconcessão Baixo Alentejo pode terminar "até ao final deste mês" e, só depois, haverá "informação completa" sobre as intervenções a realizar.

Os passos falsos do Passos

Quinze meses depois da chegada de Passos ao poder, a austeridade unificou os quadrantes políticos: da esquerda à direita, não faltam vozes indignadas. É neste contexto que Passos dá uma entrevista à RTP esta quinta-feira à noite, depois de uma semana em que ninguém ouviu falar de esperança.

 

E já ninguém se lembra de Passos Coelho ter afirmado que 2012 seria "o ano da viragem económica". Não será 2012, como não será 2013. E, pior ainda, não se sabe quando começará essa tão necessária e urgente “viragem”.

Adivinhem quem é

... que anda num serviço público, com um dirigente nomeado por concurso, a escolher quem é que o vai substituir. "Essa não porque é comunista, aquele não por outra qualquer razão, mas para que não seja o das barbas até a comunista pode ser..." afirma, para quem o quer ouvir, como uma barata tonta.

Vá, façam um esforço e tentem adivinhar. Só posso dar uma ajudinha: É deputado.

MFL disse que «ainda é cedo» para confirmar se vai estar presente na manifestação de sábado

Esta noite, na entrevista que deu a Paulo Magalhães, na TVI24, acusou o ministro das Finanças de governar com base em modelos, como se a economia fosse uma ciência exacta, de não sair do gabinete e de não ter consciência social, entre muitos outros "mimos", arrasando por completo o governo.

Disse ainda não perceber o que se passava com o CDS, interrogando-se porque precisa Paulo Portas de ouvir o partido, se as medidas anunciadas contrariam as suas principais bandeiras eleitorais.

Desafiou os deputados para votarem em consciência o Orçamento do Estaddo e não esperarem que o PR lave as suas consciências não o deixando passar.

E, no fim, afirmou que "considera que a manifestação do próximo sábado é uma «legítima reação das pessoas» e revelou que «ainda é cedo» para confirmar se vai estar presente".

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds