Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Sonhar ainda é permitido...

Faz hoje, precisamente, sete anos que apresentei estas ideias / propostas para o Programa Eleitoral da CDU ao Município de Beja:

Era importante pensar esta zona como outro Parque (urbano/rural) que estabelecesse pontes entre a cidade e o campo, através de equipamentos mas também e principalmente de actividades (com cavalos, touros, cães, máquinas e equipamentos agrícolas,...).
Criar aqui um outro pólo da cidade, este mais dinâmico e rural (hortas).
Seria a lógica de ir criando à volta da coroa da cidade parques/pólos de lazer mas também de actividades económicas... enfim sonhar ainda é permitido...
As ideias mais concretas são:
EXPOBEJA
Potenciar a EXPOBEJA através do exercício de actividades a serem-lhe cometidas pela Câmara Municipal, da participação em projectos de reabilitação e
reordenamento urbanos na área envolvente do Parque de Feiras e Exposições e integração em agrupamento de empresas e sociedades visando o desenvolvimento
da região.
PARQUE DE FEIRAS E EXPOSIÇÕES
Melhoramento e dinamização da utilização do Parque de Feiras e Exposições e sua expansão para os terrenos limítrofes, junto da linha de caminho de ferro, viabilizando a instalação de sedes de agrupamentos de produtores e parques de leilões de gado, de zonas de lazer (hipódromo, campos de jogos,...) e estacionamento de apoio, potenciando a promoção de produtos regionais, designadamente os agro-alimentares de qualidade, e assegurando uma maior ligação da cidade ao campo.

Herdade do Freixo, em Selmes, atingiu os 19.686 quilos de milho por hectare

Na Herdade do Freixo, em Selmes, no concelho da Vidigueira, a Syngenta, empresa que se dedica à investigação e desenvolvimento de plantas, está a proceder a ensaios com variedades de milho. Os resultados conseguidos revelaram, em 2011, uma produtividade que chegou a atingir os 19.686 quilos por hectare, um número que surpreendeu os próprios investigadores.

Comentários recentes

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

  • Vitor Paixão

    O seu comentário atesta a minha razão. Atiram para...

  • Ana Matos Pires

    Como dizia o outro "seu grandessíssimo e alternadí...

  • Anónimo

    Perdeu uma boa oportunidade de estar calado porque...

  • Vitor Paixão

    Por vezes dou comigo a pensar se falo, se fico cal...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds