Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Encerramento do Ramal de Cáceres “deixa ainda mais pobre” o Norte Alentejano

Zé LG, 05.08.12

O alcaide do município espanhol de Valência de Alcântara “lamentou profundamente” a decisão do Governo português em encerrar à exploração ferroviária o ramal de Cáceres e afirmou que este encerramento vai deixar “mais isoladas e mais longe de Madrid e de Lisboa”, as povoações de Valência de Alcântara e de Marvão.

Pablo Carillo revelou ainda que o Governo espanhol decidiu implementar, a partir de setembro, um comboio para fazer a ligação entre Valência de Alcântara e Madrid, exortando o Governo português a “abrir as portas” e permitir que o comboio chegue a Lisboa.

O presidente da Câmara Municipal de Marvão também se mostrou em “desacordo” como o fecho do ramal de Cáceres, afirmando que se trata de “uma machadada na ferrovia”, que “foi uma morte anunciada”, que “deixa ainda mais pobre” esta região do país.

Segundo a REFER, o ramal de Cáceres vai ser encerrado a partir de 15 de agosto, passando o comboio Lusitânia Expresso a circular pela linha da Beira Alta.