Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"As Vinhas do Prazer" na Mais Alentejo

A uva de mesa da Herdade Vale da Rosa, em Ferreira do Alentejo, é o tema principal de capa do número 111 da revista Mais Alentejo.

Nicolau Breyner tem o papel de protagonista.

As praias alentejanas.

Percursos de todo o Alentejo.

O novo enoturismo da Herdade do Esporão.

Os espumantes da Cartuxa.

Os desconcertantes Virgem Suta.

As memórias do “grande artista” Fernando Pereira.

Esta edição da revista é acompanhada pelo Roteiro Dormidas & Manjares 2012 – tudo sobre os alojamentos e os restaurantes do Alentejo.

"Olivença é diferente"

Há notícias que nos surpreendem, e deixam em nós um misto de alegria, apreensão, e, no mínimo, incómodo. Existe mesmo a possibilidade (remota) de a Igreja da Madalena ser eleita o «"Mejor Rincón de España 2012" según los viajeros de la Guía Repsol».
É verdade que Olivença ganhará com a distinção concedida para já, pois a distinção maior é pouco provável. A sua população sentir-se-á orgulhosa. A sua Catedral, símbolo da Extremadura, à frente de monumentos de Badajoz, Cáceres, Trujillo, é algo surpreendente e lisonjeador.

Todavia, não resisto a fazer algumas perguntas sobre esta temática. São dúvidas e interrogações que me assaltam.Eu explico!!!
   A Igreja da Madalena é uma catedral manuelina, antiga capital de bispado na época portuguesa. É um dos maiores edifícios manuelinos existentes. Nela está sepultado Frei Henrique de Coimbra, o homem que rezou a primeira missa no Brasil em 1500, e que foi o primeiro Bispo dessa catedral. Como pode uma catedral manuelina, numa localidade cuja posse se discute, ser representativa da Extremadura  (espanhola, claro!)? Não tem nada de extremenho. A que tipo de conclusão se quer chegar com esta "honra"? Lisonjear Portugal? Colocar um monumento manuelino como representativo de Espanha, ou, pelo menos, de uma província/região de Espanha ? Lisongear os oliventinos? Fazê-los crer que o seu monumento é típico (mas como?) da Extremadura? 
   Por outro lado, a divulgação do monumento só o beneficia. Pode favorecer Portugal, já que é uma jóia arquitetónica lusa... e logo de estilo manuelino, o mais original do País. Os oliventinos verão o seu mais destacado monumento em grande destaque, e ficarão felizes com isso. Tive oportunidade de verificar isso junto de alguns amigos que tenho por lá. Será uma maneira de chamar a atenção para Olivença, através dum edifício que, ao refletir Portugal melhor do que qualquer proclamação ou folheto turístico, diz claramente que "Olivença é diferente", mostra que Olivença pertence a um mundo e a um espaço cultural que transpira Portugal  por todos os poros. A Extremadura (espanhola, claro!!) vê-se representada por "um pedaço de Portugal"... o que, considerando alguns aspetos jurídicos ainda pendentes, é uma ironia quase surreal, e acaba por ser literalmente correto!
   Talvez seja melhor apoiar a ideia. Mas nunca, nunca mesmo, permitindo que se pense que a memória foi varrida, e que uma Olivença como símbolo de Espanha não causa algumas apreensões. E dizendo claramente que a Extremadura (espanhola...) surge representada por "um bocado de Portugal". Em último caso, poder-se-á até balbuciar um "obrigado"...
Texto (truncado) de Carlos Luna, de 15 de Julho de 2012, recebido por e-mail.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ora aqui está um tema que deveria ser motivo de re...

  • Anónimo

    Pelos vistos vai ser o primeiro a profanar o sítio...

  • Anónimo

    Tens toda a razão. Já cá faltava a patetice da com...

  • Anónimo

    Vote no PAN.

  • Anónimo

    Já cá faltava a patetice da habitual comparação co...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds