Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Ministra da Agricultura visita campos de cereais no Baixo Alentejo

A ministra da Agricultura está hoje, no distrito de Beja e faz esta deslocação a convite do Clube Português dos Cereais de Qualidade, que realiza duas assembleias-gerais por ano. A primeira de 2012 tem lugar nesta sexta-feira e conta com a presença de Assunção Cristas.

“Nesta primeira realização do corrente ano, a organização é da responsabilidade da Cooperativa Agrícola de Beringel, que integra o Clube. A Assembleia-geral está marcada para os Silos da EPAC, no concelho de Ferreira do Alentejo, e Assunção Cristas vai participar no evento e fazer várias visitas a campos de cereais dos produtores”.

Despesas de representação devem ser contidas

Existem algumas questões nas autarquias que ganham relevo devido à intensificação da luta partidária. Não quer isto dizer que não tenham importância no campo dos princípios e dos comportamentos. Mas, provavelmente, não seriam tratadas da mesma forma se o confronto partidário não estivesse a atingir, ou a ultrapassar mesmo, os limites do razoável.

Parece-me que neste caso, o que será mais relevante apurar é se, num período de tantas dificuldades financeiras, são justificáveis todas as despesas de representação feitas pelos eleitos e se não se justificaria uma maior contenção face à situação. Nomeadamente, se todas as viagens têm efectivo interesse para o concelho e para o município ou se servem principalmente aos que as fazem.

Trata-se de uma matéria que, face às dificuldades quer do país quer principalmente de tanta gente, é muitas vezes usada com uma certa demagogia, porque é populista confundir este tipo de despesas com mordomias dos políticos, tal é a imagem que estes têm.

“Lendias de Encantar” promovem em Beja “Oficina de Cante Alentejano”

Sob Orientação de Paulo Ribeiro
OBJECTIVOS:
Incentivar a prática do cante alentejano, através de um processo de formação que culminará no final do workshop com a apresentação de um espectáculo que terá como intervenientes todos os participantes.
Criar condições para que eventualmente possa vir a ser formalmente constítuido em Beja um Grupo Coral representativo do cancioneiro tradicional da nossa região.

Inscrição: 25€. Número Mínimo de Participantes: 10.

Início: 18 de Junho 7 sessões (segundas feiras). Cada sessão tem a duração de 90 minutos.
Mais informações através do tel. 96 6651380 ou através do email: lendiasdencantar@gmail.com

Comentários recentes

  • Anónimo

    M. Frade, não compreendeu o que petendi dizer com ...

  • Munhoz Frade

    Quis dizer “gerar” e não “gerais”. Não reparei na ...

  • Anónimo

    Seria voltar a focar as questões ligadas ao modo d...

  • Munhoz Frade

    Um pouco de polémica, meu caro ZLG:Sabemos que cau...

  • Anónimo

    É pena que o próprio DA não se tenha interessado p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds