Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Centenas de pessoas manifestaram-se em apoio ao Museu Regional de Beja

Zé LG, 03.05.12

Como alvitrei aqui, realizou-se esta tarde uma Manifestação de Apoio ao Museu Regional de Beja, que reuniu centenas de pessoas.

O Manifesto subscrito por cerca de 60 individualidades tem sido muito procurado por outras pessoas interessadas em subscrevê-lo, tendo sido já largamente ultrapassado aquele número.

É importante para Beja que tanta gente se mobilize para apoiar este importante património da (e para a) Cidade e da Região.

Esperemos que as autoridades responsáveis sejam capazes de interpretar estes sinais e intervenham a tempo de evitar o encerramento do Museu, mais que não seja, pelo impacto depressivo que a situação provoca.

Pedro Janeiro, de Vidigueira, premiado como melhor aluno da UTL em 2011

Zé LG, 03.05.12

Pedro Janeiro foi distinguido pela Universidade Técnica de Lisboa (UTL) com o primeiro prémio Santander Totta para melhor aluno em 2011, que contou com a participação de 19 dos melhores alunos das sete faculdades desta universidade.
"Após vários anos de esforço e dedicação, tentando conciliar a vida profissional e pessoal com as obrigações académicas, fiquei muito satisfeito com os resultados alcançados e especialmente por honrar o Alentejo, uma vez que fui o único aluno natural desta região a estar em competição este ano", afirma ao "CA" Pedro Janeiro. Nascido na Vidigueira há 27 anos, Pedro Janeiro estudou no Liceu Diogo de Gouveia, em Beja, seguindo depois para Lisboa, onde se licenciou em Economia e fez duas pós-graduações e dois mestrados na área das Ciências Económicas e Empresariais, pelo ISEG/UTL.

"compromisso assumido pelo Primeiro-Ministro em relação a Alqueva representa a maior realização da 29ª Ovibeja”

Zé LG, 03.05.12

O Primeiro-Ministro assumiu, na 29ª edição da Ovibeja, o compromisso do Governo em concluir as obras do Alqueva em 2015, justificando que o projecto é "essencial" para promover o regadio e outras actividades "essenciais à recuperação económica" do Alentejo e do País.

O Primeiro-Ministro adiantou que "a afectação dos recursos necessários à conclusão das obras, quer por via do POVT [Programa Operacional Valorização do Território], quer por via do PRODER [Programa de Desenvolvimento Rural], está assegurada".

Pedro Passos Coelho sublinhou que “independentemente de virmos ou não a conseguir, com a reprogramação estratégica, encontrar forma de os fundos de coesão poderem vir a ser drenados para esta obra tão importante, a verdade é que ela está assegurada e por isso conseguiremos levar a água de Alqueva a mais utilizadores, quer através da extensão da rede secundária, quer através de contratos de abastecimento com outras entidades que garantam também receitas próprias que possam ser reinvestidas no projecto.

Passos Coelho assegurou assim a conclusão das obras de Alqueva para 2015. E justificou: “devido à situação económica e financeira do país, o Governo teve de fazer a reprogramação do investimento do Alqueva" e, "por essa razão, em vez de o próximo ano ser o ano de referência para a conclusão das obras, esse ano está referenciado para 2015".

Pedro Passos Coelho disse que o Governo está "convencido" de que o Alqueva "será bem-sucedido e é determinante" para que as culturas de regadio possam "progredir, como tem vindo a acontecer", mas também possam ter "uma expansão ainda mais favorável".

Também a Ministra da Agricultura, Assunção Cristas assegurou que Alqueva vai ficar concluído em 2015. “Está feito o plano de investimento. Foi aprovado pelo governo. O mais importante agora é que, a partir deste momento, possam ser lançados os concursos para que não haja interrupção das obras”, disse.

Manuel de Castro e Brito, presidente da ACOS – Agricultores do Sul, entidade organizadora da Ovibeja, regozija-se com o compromisso deixado pelo Governo, nomeadamente pelo Primeiro-Ministro, para conclusão das obras de Alqueva até 2015. E frisou que este compromisso “resulta de muito trabalho desenvolvido pela ACOS, pelos agricultores e também pela sociedade civil. O compromisso assumido pelo Primeiro-Ministro em relação a Alqueva representa a maior realização da 29ª edição da Ovibeja”, disse.

Conferência Internacional "USUS 2012 - Turismo & Inovação" começa hoje na ESEBeja

Zé LG, 03.05.12

A Conferência Internacional "USUS 2012 - Turismo & Inovação" pretende assinalar o término do período de instalação do Observatório de Turismo do Alentejo, um projecto de parceria que tem como promotor principal a Entidade Regional de Turismo do Alentejo, o Instituto Politécnico de Beja e de Portalegre, a Universidade de Évora, assim como os Núcleos Empresariais desta ampla região geográfica.

A partilha de experiências é o objectivo principal deste evento, seja ao nível dos observatórios de turismo, ou relativamente a projectos inovadores nas áreas do ambiente, alojamento, eventos e outros, em Portugal e no exterior.

 

Veja PROGRAMA e toda a informação em: https://www.ipbeja.pt/eventos/usus2012/paginas/default.aspx

Prova Pedro!

Zé LG, 02.05.12

José Lameira, técnico da Câmara de Beja e um dos organizadores da VINIPAX, protagonizou um dos episódios que mais perturbou a visita do primeiro-ministro à 29ª OVIBEJA, ao dirigir-se a ele, dizendo mais ou menos o seguinte: "Falhando no protocolo, deixa que te trate por tu e te convide a vires aqui (dentro do balcão) apresentares uma mostra de vinhos".

Apanhados de surpresa, a comitiva ficou um pouco incomodada com o episódio, designadamente o presidente da Câmara, que terá dito a José Lameira que "logo falamos". Passos Coelho, depois da surpresa inicial, acabou por fazer o que lhe foi proposto e pareceu ter descontraído um pouco mais depois disso.

A RUA É NOSSA!!!

Zé LG, 02.05.12

"A distribuição actual dos recursos económicos condena a esmagadora maioria da população mundial à pobreza e ou à incerteza diárias, e deixa às gerações futuras uma herança marcada pelos riscos do meio ambiente. Tudo em beneficio de uns poucos. Reclamamos justiça social, não daremos um passo atrás na defesa dos nossos direitos. Os nossos representantes têm a obrigação de fazer face às nossas necessidades, devem ouvir-nos. Transformemos as ruas no maior megafone do mundo a 12 de Maio.
Porque somos os 99%.
Porque não somos mercadoria nas mãos de políticos e banqueiros.
Ocupemos as ruas a 12 de Maio"

 

CONVOCATÓRIA
Quarta-feira, dia 2 de Maio, pelas 18,30 horas, na Praça do Sertório, convidam-se todos os contestatários, indignados, revoltados, insubmissos, sonhadores e revolucionários para pensarmos em conjunto o que podemos, devemos e queremos fazer em Évora no dia 12 de Maio/Primavera Global. O tempo é de nos manifestarmos e ocuparmos o espaço público. As praças são nossas. Os Largos também. Mas não só!!

Dezenas de individualidades manifestam-se "Em defesa do Museu Regional de Beja"

Zé LG, 02.05.12

Há mais de uma semana que está a circular um “Manifesto em defesa do Museu Regional de Beja”, um documento que já conta com mais de 60 subscritores. José Baguinho, um dos subscritores, identificou algumas das individualidades que já assinaram este documento, referindo os nomes “dos historiadores António Borges Coelho, Cláudio Torres e Santiago Macias, do artista plástico António Inverno, o escritor Urbano Tavares Rodrigues, o professor Vítor Serrão e Carreira Marques, que foi presidente da autarquia Bejense”. Acrescentou que “já estão mais 20 individualidades interessadas em subscrever o manifesto”.

Para amanhã, está marcada, para as 18.00 horas, uma concentração em defesa do Museu Regional de Beja que “tem como objectivos dar visibilidade ao manifesto, angariar mais subscritores e acima de tudo, tornar pública as dificuldades que este monumento da cidade está a enfrentar”.

Ler Manifesto em: http://www.facebook.com/home.php#!/events/340194776047413/

Ver subscritores: http://bejayarrabaldes.blogspot.pt/2012/05/museu-regional-de-beja-3-maio-2012.html

Esta foi uma das melhores OVIBEJAS de sempre

Zé LG, 02.05.12

Apesar do (ou talvez, por isso também) tempo chuvoso e ventoso que se fez sentir, a 29ª OVIBEJA foi, sem dúvida, uma das melhores edições de sempre da Grande Feira do Sul.

Foi boa a sua promoção, foi óptima a promoção que fez de Beja e da Região e dos produtos regionais. E foi, mais uma vez, palco privilegiado para apresentação das principais reivindicações da Região aos governantes.

Só é pena que algumas autarquias e empresas da Região não a tenham aproveitado para promover os seus territórios, produtos e serviços não participando, ao contrário do que fizeram as suas congéneres de outras regiões. Sabemos das dificuldades, designadamente económicas e financeiras, por que passam. Mas é nestas alturas que os investimentos têm de ser mais criteriosos. Não me parece que não marcar presença na OVIBEJA seja a melhor opção.

Não é tempo - nunca foi - para lamechices e queixumes (mesmo quando parecem assumir a forma de crítica). É tempo de arregaçar as mangas e ir à luta. E a OVIBEJA é um óptimo espaço para isso. Que o digam os que participaram.

“Eles têm medo que o povo perca o medo”!

Zé LG, 01.05.12

Este é um grandioso 1.º de Maio que realizamos em todo o país. É a demonstração que os trabalhadores não esquecem o riquíssimo património de luta e de conquistas dos que os antecederam e que respeitam as raízes históricas e a natureza de classe da sua organização representativa: a CGTP-IN. Mas é também um sinal claro que os trabalhadores e o povo não aceitam a exploração e o empobrecimento a que o actual Governo quer condenar todos os que vivem e trabalhamem Portugal. Estaé uma luta que vamos prosseguir e intensificar, porque temos propostas e alternativas, porque outra política é possível, porque queremos um Portugal com futuro!

Ler mais... Intervenção do Secretário-Geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, na manifestação desta tarde, em Lisboa.

Pág. 6/6