Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"O DEVER DE MEMÓRIA"

Dilma chorou ao dar posse à comissão que vai investigar crimes da ditadura

 

A presidente brasileira Dilma Rousseff emocionou-se nesta quarta-feira, em Brasília, ao dar posse à Comissão da Verdade que ao longo dos próximos dois anos vai investigar os crimes da ditadura rasileira.

“Não nos move o revanchismo, o ódio nem o desejo de reescrever a história, mas mostrar o que aconteceu, sem camuflagem, sem vetos, por isso, muito me alegra estar acompanhada por todos os presidentes que me antecederam”, disse, perante José Sarney, Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e Lula da Silva.
Durante a ditadura militar (1964-1985), Dilma esteve presa três anos e foi torturada. Está entre os milhares de brasileiros que foram vítimas da repressão, entre os quais se contam ceca de 400 mortos ou desaparecidos. 
O Brasil esperou décadas por uma investigação. E ao dar posse oficial aos sete nomes que escolheu para liderar esse trabalho, a Presidente chorou: “A desinformação não ajuda a apaziguar. A sombra e a mentira não são capazes de promover a concórdia. O Brasil e a nação merecem a verdade. É como se disséssemos que existem filhos sem pais, mortos sem túmulos. Nunca, nunca mesmo pode existir uma voz sem história. Uma frase que se atribui a Galileu Galilei diz que ‘a verdade é filha do tempo, e não da autoridade’. Eu diria que a força pode esconder a verdade, mas o tempo acaba por trazer a luz, e esse tempo chegou.”
Público
Copiado daqui.

Comentários recentes

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

  • Vitor Paixão

    O seu comentário atesta a minha razão. Atiram para...

  • Ana Matos Pires

    Como dizia o outro "seu grandessíssimo e alternadí...

  • Anónimo

    Perdeu uma boa oportunidade de estar calado porque...

  • Vitor Paixão

    Por vezes dou comigo a pensar se falo, se fico cal...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds