Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Não saí do InAlentejo com pedras no sapato"

Na hora do adeus ao InAlentejo, Fernando Caeiros faz um balanço positivo dos 45 meses passados na gestão dos fundos comunitários. E garante que não vai voltar à vida autárquica!

“O preceito constitucional determina que as autarquias tenham uma autonomia administrativa e financeira própria. E sente-se por vezes que há uma intenção de produzir normativos legais que invadam ou possam pôr em causa esta autonomia. Diga-se também, em abono da verdade, que por vezes há situações pontuais de eleitos que se põem a jeito para dar azo a estas coisas! E há situações de endividamento altamente preocupantes de mandatos talvez menos cuidados no que toca à gestão financeira, que de alguma forma acabam por constituir um pretexto – alargado aos municípios todos – para criar constrangimentos que põem em causa o normal funcionamento dos municípios. Isso é mau!”

Leia toda a entrevista em: http://www.correioalentejo.com/?go=entrevista&id=174

Comentários recentes

  • Anónimo

    Concordo em absoluto que o caminho não é por aí.

  • Anónimo

    O eterno problema das mentes pequeninas e poucochi...

  • Anónimo

    Queria dizer pelotão,mas saiu asneira,que não vi.

  • Anónimo

    Tem tudo para ganhar.

  • Anónimo

    A Margalha não entra na lista para favor número co...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds