Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PCP acusa governo de atirar o Alentejo para o declínio, a desertificação e o empobrecimento

O Pacto de Agressão assinado pelo PS, PSD e CDS/PP e posto em marcha acelerada pelo governo PSD/CDS, está a atirar o Alentejo para o declínio, a desertificação e o empobrecimento.

…, com a suspensão de importantes investimentos em infra-estruturas estratégicas para a região como acontece com Alqueva, com a decisão de reconsiderar o Aeroporto de Beja, com a suspensão de investimentos em várias acessibilidades rodoviárias, com o chamado "redireccionamento" dos investimentos no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) numa região onde a taxa de execução é das mais baixas do país (22,1%) do programado para o período de 2007- 2013, com a suspensão dos investimentos no sistema de águas no âmbito das Águas Públicas do Alentejo (AgdA), com o estrangulamento financeiro das autarquias cujo peso e influência na dinamização da economia local e regional é grande e muitas vezes determinante, com a degradação continuada e acelerada dos salários, das reformas, das pensões, dos apoios sociais e do subsídio de desemprego, a situação de milhares de famílias trabalhadoras e de centenas de pequenos empresários agravar-se-á exponencialmente alargando as situações de miséria e de fome na região.

A DRA do PCP considera que é necessário resistir à brutal ofensiva contra os serviços públicos e o Poder Local democrático, e à destruição da vida e do sonho de uma vida melhor de milhares de alentejanos. Lutar para defender a região e o país, derrotar o Pacto de Agressão e abrir caminho para o progresso e desenvolvimento, a defesa e a criação de emprego e por um país e uma região com futuro constitui uma tarefa central e inadiável do povo alentejano.

CATARINA MARTINS, DEPUTADA DO BE, CONTACTA AGENTES CULTURAIS EM BEJA

A deputada do BE Catarina Martinsdesloca-se, no dia 19, a Beja, onde terá uma reunião com a Associação de Defesa do Património de Beja, dinamizadora do movimento "BEJA MERECE" que, a partir da defesa do comboio, assume a defesa de um desenvolvimento integrado e sustentável, visita o Museu Regional, para ouvir o Director e os trabalhadores sobre a crise que atravessa, e encontra-se com agentes culturais da região, no espaço "Os Infantes", com o objetivo de conhecer os problemas e as soluções apontadas por quem não desiste da cultura.

Festival Terras Sem Sombra arranca dia 24

O programa da 8ª edição do Festival Terras sem Sombra é apresentado hoje no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. A apresentação do programa conta com a intervenção do Director Artístico do Festival, Paolo Pinamonti, antigo director do Teatro Nacional de São Carlos e actual Director do Teatro de la Zarzuela (Madrid), docente de Musicologia na Universidade Ca’ Foscari (Veneza), e do Director-Geral do Festival, José António Falcão, historiador da arte, responsável pelo Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja. O festival de música sacra, fundado em 2003, recebeu em 2011 o prémio de Melhor Evento pelo Turismo do Alentejo. A programação arranca a 24 de Março. Até Junho serão realizados 6 concertos itinerantes em importantes igrejas da Diocese de Beja.

Animais

Cansaço da mãe, fragilidade do recém-nascido, manifestação de afecto entre ambos...

 

 

Aprendiz do tempo

Lambe-a,
A mãe exausta
Que deitada da iniciação repousa
Atenta no cuidado e na ternura…

À vida parte
Aprendiz do tempo,
De pé se põe ainda tonta da viagem…

 


Évora, 2012-03-16
J. Rodrigues Dias
Traçados sobre nós a 16 de Março de 2012 às 19:25

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    O Lagar é uma pena (o que não se fazia com 3,5 mil...

  • Anónimo

    ????????????????????

  • Anónimo

    Ninguém comenta a capa verde?

  • Anónimo

    Obrigado caro amigo. Um grande abraço. Ricardo (Se...

  • Ana Matos Pires

    Sim, vai seguir mail e o jornal fará o que entende...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds