Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Quem disse que a história nunca se repete?

É claro que aquilo que as pessoas precisam mesmo é de Lojas Sociais e não de Direitos Sociais! É claro que aquilo que as pessoas precisam é de uns quilinhos de arroz, roupa e sapatos em segunda mão e umas coisinhas afins, porque isso de salários, pensões ou outros apoios sociais que permitam às pessoas poder aceder aos bens e serviços indispensáveis à sua sobrevivência, é mesmo coisa do passado. No caso português é coisa de um passado não muito distante: Salazar implementou em praticamente todas as vilas e cidades (a partir do final da década de trinta do séc. XX) as tristemente célebres cantinas sociais dirigidas pelas Uniões das Senhoras da Caridade que eram dirigidas pelas generosas esposas dos líderes locais da União Nacional. Agora, no limiar do séc. XXI a história repete-se. Primeiro constituíram-se as "Uniões de Senhoras da Caridade", também conhecidos como Núcleos de Voluntariado, que agora como ontem e na maioria dos casos, são dinamizados pelas extremosas esposas dos novos caciques locais, agora apelidados de "democratas com sensibilidade social". Quem disse que a história nunca se repete deve ter mesmo morrido muito jovem.

Comentário de Miguel Bento, deixado aqui, a 15 de Fevereiro de 2012 às 21:19

António Dieb é o novo presidente da CCDRA

António Costa Dieb (o mais alto da foto ao lado) é o novo presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA), substituindo no  cargo João Cordovil, confirmou o Ministério do Ambiente que detém a tutela daquele organismo.

António José Costa Romenos Dieb é licenciado em Sociologia e mestre em Gestão e Recursos, diretor-geral do CEVALOR - Centro Tecnológico para o Aproveitamento e Valorização das Rochas Ornamentais e Industriais e vereador da Câmara Municipal de Évora, eleito pelo PSD.

 

A data de entrada em funções não está ainda definida.

João Basto substitui Henrique Troncho na EDIA

O engenheiro agrónomo João Basto, de 40 anos, vai ser o novo presidente do conselho de administração da Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA), substituindo Henrique Troncho, sendo a restante equipa "fechada nos próximos dias".

João Basto é licenciado em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia, da Universidade Técnica de Lisboa, e tem o MBA pela Universidade Nova de Lisboa e formação pós-graduada especializada em Liderança e Decisão.

Segundo informações do ministério da Agricultura, João Basto apresenta, no seu currículo profissional, "uma diversificada experiência, sempre ligada ao setor empresarial agrícola e agro-alimentar".

Ver mais informação aqui e aqui.

 

 

Blogues alentejanos desactivados

Criar um blogue é relativamente fácil, bastam alguns cliques. Mantê-lo e, principalmente, actualizá-lo, de forma a garantir o seu interesse, através de visitas e comentários, é bem mais difícil. Exige tempo, disponibilidade e disposição e alguma capacidade do seu gestor. Por isso, não é de admirar que, tal como vão surgindo novos, alguns blogues vão “hibernando” ou encerrando definitivamente mesmo. Foi o que aconteceu com estes blogues alentejanos, nos últimos seis meses: Antão Vaz, B@n@lid@des do meu di@…, Beja de hoje, BejaHoje, Coisas estúpidas e Outras idiotices, Insónia, Prova Escrita, Transtagano, Vendedor de Sonhos  e Viagra e Prozac , que, por isso, apaguei aqui da coluna da direita.

É pena que tal tenha acontecido, porque alguns desempenharam um papel importante de animação sócio-política, de reflexão e de prática da democracia participativa e da cidadania, tão necessárias em territórios tão desertificados e populações tão isoladas. Esperemos que alguns, senão todos, voltem qualquer dia à actividade bloguística.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds