Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Adeus Graça!

Zé LG Zé LG, 08.02.12

Alertado pelo nosso amigo comum Murteira, soube há pouco que se realizou esta manhã, no cemitério de Beja, o funeral de António Jacinto Correia Graça, natural de Beja, com 56 anos, vítima de doença prolongada.

Fomos colegas no Liceu de Beja e companheiros de equipa de futebol. Depois de muitos anos sem o ver voltei a encontrá-lo em Alvito, em iniciativas organizadas pelo Clube da Natureza de Alvito, cujo presidente, Joaquim Patrício, foi seu camarada de armas na Marinha, e desde então fui acompanhando, à distância  por intermédio de familiares, a evolução do seu estado.

Na impossibilidade de ter participado no seu funeral, apresento à família enlutada apresento os meus sentidos pêsames.

Balanço de uma década de Alqueva e perspectivas

Zé LG Zé LG, 08.02.12

Há 10 anos, as comportas da barragem de Alqueva foram encerradas, criando-se assim, uma reserva estratégica de água no Alentejo.

Dez anos depois, os responsáveis políticos do distrito de Beja e os agricultores do Baixo Alentejo fazem o balanço de uma década do projecto de fins múltiplos de Alqueva.

Segundo a EDIA, a barragem permitiu cumprir o primeiro objectivo do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva que se prendia com a criação de uma reserva estratégica de água no Alentejo e as diversas empreitadas do Projecto possibilitaram a “extensão dos seus canais pelas planícies alentejanas e a ligação de Alqueva a todas as albufeiras de abastecimento público” cumprindo o segundo grande objectivo do projecto.