Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando há oito anos

Quando há oito anos criei o Alvitrando não previ que pudesse ultrapassar um milhão (1,2 milhões) de visitas, 500 mil das quais nestes últimos dois anos. O que mostra que o Alvitrando tem vindo a ampliar progressiva e significativamente o número dos seus visitantes. A instalação do Live Traffic Treed veio permitir conhecer melhor as suas áreas de influência, que são muito mais vastas do que julgava.

Embora estes dados e informações me satisfaçam, gostaria que o Alvitrando registasse algumas alterações: Gostava de ter tempo e de ser capaz de escrever melhor o que penso sobre os diversos assuntos; Gostava que nele se discutissem mais ideias e menos as pessoas; Gostava que todos os que nele comentam o fizessem sempre com correcção, sem ofensas ou injúrias a quem quer que seja; Gostava de ter mais conhecimentos técnicos para poder explorar melhor todas as potencialidades desta ferramenta; Gostava, principalmente, que este largo de liberdade, que o Alvitrando é, fosse mais usado para debater mais aprofundadamente alguns temas importantes da actualidade com impacto na nossa vida colectiva. Vamos fazer por isso, para que isso aconteça!

Gostava ainda de conhecer melhor a vossa opinião sobre o Alvitrando. Sobre o que ele representa para cada um dos que o visitam, porque o visitam e o que nele devia ser mudado para corresponder melhor às vossas expectativas. Gostaria muito, por isso e finalmente, que aqui deixassem os vossos comentários sobre as questões que aqui coloquei ou outras sobre as quais entendam pronunciar-se.

“Pelo direito à saúde, por um SNS universal, geral e gratuito”

A “Plataforma Saúde” realiza hoje, às 15 horas, no Jardim do Bacalhau, em Beja, uma acção de protesto “pela manutenção e melhoria das condições de acesso à saúde! Por uma região com futuro”, seguida de desfile até ao Hospital da cidade, onde está prevista a entrega de um documento, a aprovar naquela concentração, ao Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).
Recorde-se que a “Plataforma Saúde”, recentemente criada, é de âmbito distrital e constituída por representantes do Poder Local, do Movimento Sindical e de Reformados, assim como, das comissões de utentes do SNS.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds