Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Orçamento da Câmara de Beja passa ou não na Assembleia Municipal?

A maioria do PS na Câmara de Beja aprovou, com os votos contra dos eleitos da CDU, um Orçamento de 38,5 milhões de euros para 2012. Jorge Pulido Valente, presidente da Câmara de Beja, disse que o Orçamento é “muito condicionado” pela redução das transferências do Orçamento de Estado, pelas quebras nas receitas e pela recabimentação de verbas de anos anteriores, sublinhando que a Câmara está a “pagar em prestações a factura de 2009”, ano de eleições onde o Orçamento municipal atingiu os 46 milhões de euros e foram assumidos compromissos que ainda não estão liquidados.

 “O Orçamento do Município de Beja para 2012 é mau para o concelho, coloca em causa a viabilidade de algumas instituições, prejudica as freguesias, valoriza a realização de eventos e não aposta nas pessoas” foram as razões que os vereadores da CDU apontaram para justificar o seu voto contra a proposta de Orçamento, apresentada pelo Executivo do PS.

 

A questão que volta a colocar-se é se a Assembleia Municipal, de maioria CDU, vota contra, em consonância com a posição dos vereadores, ou se abstém, como fez no ano passado.

Paulo Monteiro soma e segue na arrecadação de prémios

Paulo Monteiro ganhou a Melhor Publicação Independente com “O Amor Infinito que te Tenho” (Polvo Edições) dos IX Troféus Central Comics e arrecadou ainda o 2º lugar na categoria de Melhor Autor com “O Amor Infinito que te Tenho” e o 3º lugar na categoria de Melhor Obra Curta com “Porque este é o meu Oficio” (in “O Amor infinito que te Tenho”).
Recorde-se que “O amor infinito que te tenho e outras histórias”, de Paulo Monteiro, foi eleito o melhor álbum de banda desenhada de 2011, no âmbito do Festival Internacional Amadora BD.

“Já agora o que se passa relativamente à EDIA?”

“Os comités locais do PSD e CDS vão queimando todas as propostas do Governo. Até existe o risco da próxima Administração da EDIA ser uma espécie de conselho de família com um Tio (vindo da ESAB) e um sobrinho que já pertence à CASA.”

Comentário deixado aqui por Zé da Moca, a 12 de Dezembro de 2011 às 21:55

 

Quem sabe e quer esclarecer o que verdadeiramente se passa?

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ora aqui está uma área em que os nossos autarcas s...

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds