Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

E não havia necessidade...

Ontem, o célebre comentador (Marcelo Rebelo de Sousa) comunicou ao mundo que não fará greve no próximo dia 24. Não havia necessidade: o mundo sabe que o professor Marcelo só fará greves quando Cristo voltar à terra. É assim desde os tempos em que o aluno Marcelo furava as greves académicas de 1969 e, abraçado ao seu colega Braga de Macedo, entrava, protegido pela polícia de choque do capitão Maltez e por uns paisanos de mau aspecto vindos expressamente da António Maria Cardoso, na Faculdade de Direito para assistir às aulas e tratar da vidinha.

E temos assim que o anúncio não foi notícia nem foi comentário - foi um apelo. E não havia necessidade...

Publicada por Pedro Martins em aqui.

José António Falcão condecorado pelo governo francês

O Presidente da República de França, Nicolas Sarkozy, condecorou o director do Departamento do Património Histórico e Artístico (DPHA) da Diocese de Beja, José António Falcão, com a "Médaille de la Jeunesse et des Sports" (Medalha da Juventude e dos Desportos), pela sua intervenção “no estudo do caminho de Santiago, um trabalho que se traduz, já à escala europeia, na mobilização das comunidades locais para a defesa das vias de peregrinação a Santiago de Compostela", que será imposta em Lisboa, na Embaixada de França, na próxima quarta-feira, 23.

Porque não são apresentadas as contas?

Vereadores da CDU dizem que as “Experiências a Sul” custaram mais de 225 mil euros.

 

Miguel Góis, vereador (PS) da Cultura da Câmara de Beja, diz que as “Experiências a Sul” custaram cerca de 150 mil euros.

 

Desculpem lá qualquer coisinha, mas não seria possível o Executivo apresentar as contas oficiais em vez de referir números por alto que, pelos vistos, pecam por defeito e não esclarecem quem levanta dúvidas sobre eles?

A apresentação de contas é um dever não é um favor.

“Do Profano ao Sagrado - Parte um: A aventura da descoberta”

… é o título de um livro de aventuras com alunos e professores de Maria Ana Ameixa, professora de Biologia da Escola Secundária Diogo de Gouveia de Beja, editado pela “Temas Originais”, que, nas palavras da autora, “é o espelho das experiências que tem com os seus alunos, os mesmos que a incentivaram à escrita criativa”.

Maria Ana Ameixa revelou à Voz da Planície que “a aventura do seu primeiro livro começa na Escola Secundária Diogo de Gouveia, nas escavações efectuadas neste estabelecimento de ensino, para percorrer muitos países” e que  “Este livro tem a particularidade dos personagens serem figuras reais”, alunos seus do 12º ano, que hoje, já são discentes universitários.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds