Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PORTEL COMEMORA OS 750 ANOS DA CONSTRUÇÃO DO CASTELO E DO PRIMEIRO FORAL DE PORTEL (1261/1262 – 2011/2012)

A 15 de Outubro de 1261, D. Afonso III passava carta de couto ao território de Portel, constituído a partir do herdamento inicial cedido pelo concelho de Évora a D. João Peres de Aboim. Três dias depois, a 18 de Outubro, o monarca concedia ao Senhor de Portel, seu “fidellicimo vassallo”, autorização para construir castelo e fortaleza no sítio que mais lhe agradasse.
Para além da organização do território do ponto de vista económico e religioso, o Senhor de Portel procurou criar as condições para o desenvolvimento político e administrativo do seu senhorio. A 1 de Dezembro de 1262, D. João Peres de Aboim, sua esposa, D.ª Marinha Afonso, e seu filho, D. Pedro de Aboim, concediam aos povoadores do castelo de Portel e de seus termos “foros e costumes da cidade de Évora”, promulgando assim o seu primeiro foral.
Durante os anos de 2011 e 2012, assinalam-se os 750 anos, respectivamente, da fundação do castelo e do primeiro foral da vila de Portel, …

Veja PROGRAMA.

Sines o evento "Costa Alentejana, Turismo todo o ano"

este fim-de-semana, destinado a apresentar a nova marca promocional comum aos cinco municípios do alentejo litoral, “Costa Alentejana”, e promover o potencial turístico deste território ao longo de todo o ano. O evento conta com uma conferência, um showroom e um roteiro gastronómico pelos restaurantes do concelho de Sines.

 

Consulte o programa da conferência, a lista dos expositores no showroom e os restaurantes aderentes ao roteiro gastronómico aqui.

O evento está em constante atualização em www.facebook.com/costaalentejana.

“Não é novidade para ninguém”

Caros amigos,

Não é novidade para ninguém que os tempos que vivemos atualmente são extremamente difíceis para todos nós cidadãos, mas também o são para as autarquias locais.

Quando em 2009 os atuais autarcas por este país fora se apresentaram a sufrágio, estavam muito longe de saber ou de adivinhar que as autarquias iriam sofrer os cortes orçamentais de que na realidade têm vindo a ser alvo. Por isso elaboraram os seus programas eleitorais baseados numa realidade orçamental que hoje já não existe. Muitas das propostas então apresentadas são inevitavelmente postas em causa devido à falta de verbas com que os municípios se confrontam.

Há um ano escrevi aqui que o Município de Alvito já tinha visto as suas verbas reduzidas em cerca de 500.000 euros no somatório de 2010 e 2011. Infelizmente a redução não fica por aqui. Embora a Assembleia da República ainda não tenha aprovado o Orçamento de Estado para 2012, já foi anunciado um novo corte nas transferências das verbas para as autarquias em mais 6,5% em relação às verbas transferidas este ano.

Assim, torna-se muito difícil trabalhar, principalmente nos municípios do interior, cuja capacidade de gerar receitas próprias é bastante pequena. Quanto mais dependentes os Municípios estão das transferências do Orçamento de Estado mais sentem os cortes efetuados às mesmas.

Ainda assim, e apesar das dificuldades, temos vindo a apoiar as atividades desportivas e culturais no Concelho e a executar obras importantíssimas para o desenvolvimento do mesmo. Durante 2011 foi feito um enorme investimento em modernização administrativa, apostando num melhor serviço aos munícipes. No ano letivo que agora iniciou, entrou em funcionamento a nova escola básica integrada de Alvito e já foi adjudicada a obra de remodelação do jardim-de-infância de Vila Nova da Baronia. Também neste ano letivo o ensino de empreendedorismo vai ser alargado a mais turmas do ensino básico. Estamos convictos que fazer uma aposta forte a educação é a decisão certa para contribuir para uma sociedade com mais conhecimento, mais empreendedora e mais desenvolvida.

Editorial de João Penetra, presidente da Câmara Municipal de Alvito, no Boletim Municipal de Outubro.

“Crise e Transição Política”

… é o título

do livro de Rui Namorado Rosa,

que constitui “uma contribuição,

contra a omnipresença

do pensamento dominante

que ofende e explora a condição humana

dos que simplesmente vivem do seu trabalho.

Uma reflexão que procura

identificar o sentido de um futuro

ainda incerto

mas capaz de negar e superar

este estágio contemporâneo,

rumo a um tempo novo”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Um bom registo fotográfico, que é quase uma pintur...

  • João Espinho

    Boa!

  • Anónimo

    Anónimo das 19:20, por mais que nos queira baralha...

  • Anónimo

    Boa resposta! Então os que cá estão nada devem ou ...

  • Anónimo

    Já vens atrasado...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds