Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

AQUI NINGUÉM DORME! - Espaço | Debate de ideias para a ação

1. Aqui Ninguém Dorme! constitui-se como um Espaço|Debate sobre temas da atualidade. Espaço|Debate informal e aberto a todas as pessoas que vivam, trabalhem ou estudem no Alentejo.

Tem como objetivo contribuir para aprofundar o debate de ideias, acontecimentos e revoltas que percorrem o mundo, que poderão mudar o mundo, com impactos inovadores nas nossas vidas.

E promover o debate sobre a cidade de Évora, Património da Humanidade, as outras cidades da região, e o Alentejo.

1. Aqui Ninguém Dorme! saúda os movimentos sociais existentes nas cidades da região e no Alentejo: dos movimentos de trabalhadores e dos seus sindicatos ao movimento associativo, dos movimentos de indignados aos movimentos de desempregados e de precários, dos movimentos pela cultura aos movimentos estudantis.

Aqui Ninguém Dorme! está disponível para cooperar com outros movimentos sociais, designadamente na participação em debates e ações que visem contribuir para cidades dinâmicas, para um Alentejo de produção, de emprego, de cultura. De cultura e de liberdade, pois uma sem a outra não existem.

Está disponível para cooperar com outros movimentos sociais na promoção do debate e da ação que tenham como objetivo a convergência e a unidade por uma mudança em Portugal e por uma mudança a nível global.

Convite

O Espaço|Debate Aqui Ninguém Dorme! convida-vos para uma primeira Conversa Aberta sobre ideias, acontecimentos, revoltas que percorrem o mundo, sábado, 3 de Dezembro, pelas 15h30, na Sociedade Harmonia Eborense, Praça do Giraldo, em Évora.

Avelino Bento (Professor no Instituto Politécnico de Portalegre), António Murteira (Diretor executivo da Revista Alentejo), António Santos (Sociólogo), Lilian Vidal Asenjo (Jornalista), João Paulo Macedo (Diretor do FIKE), Joana Caspurro (Prof. Cultura, Língua, Comunicação), José Manuel Varge (Professor), José Pinto de Sá (Jornalista), Manuela Ilhicas (Técnica de Contabilidade), Nuno do Ó (Músico), Nuno Ribeiro Lopes (Arquiteto), Rui Alves (Desenhador Artes Gráficas), Sara Potes (Arquiteta) e Vitor Godoi Millán (Jornalista).

Recebido por e-mail de António Murteira.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds