Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvito, onde a felicidade é fruto da terra, nas “conversas de café”, na frequência 104.0

A Câmara Municipal de Alvito aceitou o convite da Rádio Singa e assim, sábado, entre as 10h30 e as 12h30 iremos ter uma emissão a partir do Centro Cultural de Alvito, onde se promove a Feira dos Santos e o concelho.

Nestas “conversas de café”, nome do programa, falar-se-á do concelho de Alvito, onde a ruralidade e a monumentalidade se encontram.

Alvito, onde a felicidade é fruto da terra, na frequência 104.0.

Mário Simões acusa o Executivo bejense de “desorientação” e de “falta de estratégia”

Mário Simões assegurou, em entrevista à Voz da Planície, que “as pessoas que apoiaram o actual Executivo bejense não o voltarão a fazer daqui a dois anos” e justificou a sua afirmação, dizendo que “o fim já foi ditado pelo seu mentor, o Dr. Barriga, quando disse que o presidente da Câmara Jorge Pulido Valente está cego, surdo e mudo e que o projecto que defendeu morreu”. Diz-se também chocado com o que classifica de “desorientação” e de “falta de estratégia” do Executivo bejense, afirmando que "Jorge Pulido Valente assumiu a presidência de tantos lugares que ficou sem tempo para dar, nestes dois primeiros anos de trabalho, cruciais para o seu mandato, a atenção devida à autarquia e aos munícipes”.

“Todos contra os maus cheiros” em Sines

... será a palavra de ordem dos participantes de uma marcha, este Sábado, contra “as questões da saúde e da poluição na cidade, que têm que ser resolvidas para o bem estar da população”, promovida pelo Movimento Cívico Contra a Poluição de Sines, recentemente constituído e que vai juntar novamente a população, no próximo sábado, para “dar visibilidade aos problemas de Sines” e para “resolver as questões pendentes nas áreas da saúde e do ambiente”.

Alvito cumpre tradição - Feira dos Santos - até terça-feira

A Feira dos Santos continua de “pedra e cal”

A Feira dos Santos, em Alvito, está de volta e até terça-feira, último dia do certame, são muitos os feirantes que trazem os seus produtos para venda, onde não faltam os frutos secos, a cestaria e os artigos para o lar. A Feira dos Santos encerra o calendário de certames do género na região. É a última oportunidade para comprar e vender.

Texto Bruna Soares


A Feira dos Santos, em Alvito, começa hoje, sexta-feira, e a tradição vai voltar a cumprir -se no Parque de Feiras e Exposições, com a 16.ª Mostra de Serviços e Produtos Locais e Regionais.

Estão de volta os cheiros e os sabores, mas também os vendedores ambulantes, que trazem desde os frutos

secos à roupa. “Esta é uma feira tradicional e é, a par da feira de Castro Verde, o maior certame do género no sul”, lembra Dina Monteiro, técnica da Câmara Municipal de Alvito.

“É um espaço privilegiado de encontro, de partilha e de convívio. As pessoas vivem esta tradição e identificam-se com o certame. É uma feira que continua a significar muito para o concelho, mas também para a região”, considera Dina Monteiro. E, apesar da mudança de espaço, da ruas de Alvito para o Parque de Feiras e Exposições, que se efetuou já há algum tempo, a feira, segundo a autarquia, “continua de pedra e cal”, até porque essa mudança era necessária para melhor assegurar “as condições de segurança e higiene” e porque “houve o cuidado de debater muito esta questão” e, sobretudo, “de ouvir a opinião das pessoas”.

“Temos sempre em atenção os diversos públicos da feira e, neste sentido, a programação deste ano, como é habitual, vai ao encontro do gosto das pessoas que visitam a feira”, adianta a técnica.

Para além dos espetáculos musicais, a cargo de Berg, Miguel e André, Banda Impulso, Campos do Alentejo, grupos corais do concelho e DJ, há ainda lugar para uma oficina do cante e para o toque da viola campaniça, porque “a identidade, essa, é para preservar”.

Depois do sucesso do raid de BTT, que se realizou no ano passado, a organização voltou a apostar nesta atividade e, de acordo com a Câmara Municipal de Alvito, “são esperados muitos amantes deste desporto”, o que “acaba também por trazer mais gente à feira”.

Durante a Feira dos Santos, poderão também ser apreciadas três diferentes exposições, patentes no posto de turismo, Centro Cultural de Alvito e biblioteca municipal.

“Esta feira é o resultado da evolução e do progresso; no entanto, este certame tem este pendor tradicional que nós queremos apoiar e preservar”, defende Dina Monteiro.

Em Alvito, até terça-feira, são esperados milhares de visitantes e quem ganha é o concelho, mas também a região, uma vez que este certame é visitado por várias pessoas do País.

In Diário do Alentejo

BE realiza em Beja, este Domingo, um Encontro Autárquico Regional do Alentejo

No âmbito da preparação das Jornadas Autárquicas Nacionais de 2011 que este ano serão dedicadas ao tema da Reforma Administrativa, o Bloco de Esquerda promove um Encontro Autárquico Regional do Alentejo (numa altura em que o governo pretende riscar a regionalização do mapa)  no próximo Domingo, entre as 15 e as 19 horas, nas instalações do IPJ de Beja .

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds