Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Olhe que não senhor secretário de estado!

O Governo tem em curso um conjunto de “reformas silenciosas” disse ontem Carlos Moedas, o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, que participou na conferência “90 dias de Governo – um novo rumo para Portugal”, promovida pela Comissão Política Distrital de Beja do PSD, com o objectivo de fazer o balanço de 3 meses de governação.

 

Não parecem ser nada “silenciosas” as “reformas” que o governo está a fazer, por tudo aquilo que se vai ouvindo por aí… Talvez porque não ande tanto “por aí” como o seu companheiro Santana Lopes e anda mais pelas iniciativas do seu partido não oiça os “ruídos” que as “reformas silenciosas” vão provocando “por aí”…

"Mértola - um lugar onde apetece ficar"?

A CDU acusa ainda a maioria de “falta de visão, incapacidade de garantir o futuro das pessoas e do concelho e demonstra impreparação para governar”, justificando que o concelho de Mértola “foi o que perdeu mais população em todo o Alentejo”, 16,3 %, sendo a década em que essa perda de população foi mais acentuada e em que o PS está na Câmara.

A CDU acusa ainda o Executivo do PS de “ignorar as dificuldades das famílias” ao recusar uma proposta que visava “atribuir manuais escolares aos alunos do primeiro ciclo”. O presidente da autarquia responde afirmando que "são habituais as prática de jogo baixo e sujo" por parte dos vereadores da CDU.

PSD e CDS “em guerra” por Alqueva e pelos apoios dos agricultores alentejanos

“O Estado tem que concluir, urgentemente, o projecto Alqueva” para “cumprir as expectativas criadas junto de agricultores, municípios e agentes económicos do Alentejo”, afirmou o presidente da Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar, Vasco Cunha, que ontem visitou a região.

Mário Simões assegurou que “foi a acção dos deputados do PSD "que levou a ministra da Agricultura (CDS) a recuar e a ponderar a conclusão do empreendimento em 2015.

Mário Simões deixou claro também que não partilha da opinião da ministra Assunção Cristas que defende uma eventual extinção da EDIA, considerando que deve continuar, “redefinindo a sua estratégia e as suas prioridades” e “entregando o perímetro de rega aos agricultores”.

“SOS Casa” e “Táxi Social” em Sousel

A população idosa ou em exclusão social do concelho alentejano de Sousel tem agora ao seu dispor os serviços “SOS Casa”, que visa reparações ao domicílio, e o “Táxi Social”, facultar transportes a preços reduzidos.

Os serviços serão prestados por funcionários da Associação Recreativa e Cultural de Sousel, que vai beneficiar de apoio financeiro da autarquia local, através de um protocolo de cooperação celebrado entre o município e a Associação.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

  • Anónimo

    Esta questão tem acontecido com a conivência de vá...

  • Anónimo

    Lixo e buracos nas ruas e estradas constituem a im...

  • Anónimo

    Uma gestão camarária que nem do lixo dá conta!Quan...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds