Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

E depois do (a construção) Aeroporto de Beja?

O governo divulgou recentemente que decidiu extinguir a EDAB. O que fez entretanto para concretizar essa decisão? Houve quem falasse em despacho, quando só existe um de há dois anos que determina a transferência do património da EDAB para a ANA. Mesmo neste caso, o que foi feito para além da nomeação de dois quadros da ANA para executarem tarefas que um dos administradores da EDAB poderia executar, pelo menos, tão bem como eles, sem receber as ajudas de custo que eles recebem (um vem dos Açores)? Quando paga o governo, através do OE, a dívida que a EDAB contraiu para poder pagar antecipadamente as comparticipações nacionais do investimento comparticipado pelos fundos comunitários e que depois, por falta de verba

s do OE, teve de suportar? Quando vai ser concretizada de facto a extinção da EDAB, quando vai ser feita a transferência do património para a ANA e quando vão ser encontradas soluções para os postos de trabalho restantes? Ou será que o governo, que tanto falta em rigor e corte nas despesas, vai permitir a continuação de despesas desnecessárias por falta de decisões?

A não realização da Assembleia-Geral da EDAB, na passada segunda-feira, devido à ausência do representante do accionista (maioritário) Estado, comunicada à última hora, não prenuncia nada de bom...

António Lopes demite-se de presidente da Associação Comercial de Portalegre

“Quem me conhece sabe que não sou pessoa de desistir…”, “reconheço no entanto, que não tenho perfil para defensor de causas perdidas, e também já perdi a paciência para andar a reivindicar direitos de quem não faz os mínimos para merecer esses direitos”, disse António Lopes à Rádio Portalegre.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

  • Anónimo

    O problema é que em Beja este ou outro tema verdad...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds